TrabalhosGratuitos.com - Trabalhos, Monografias, Artigos, Exames, Resumos de livros, Dissertações
Pesquisar

Análise do vídeo sobre Gardner- Série grandes educadores

Por:   •  23/10/2019  •  Resenha  •  993 Palavras (4 Páginas)  •  29 Visualizações

Página 1 de 4

Universidade Federal de Pernambuco[pic 1]

Centro de Educação

Departamento de Pedagogia

Disciplina: Psicologia do Ensino e Aprendizagem

Aluna: Rita de Cássia Cavalcante da Silva

Série Grandes Educadores: Gardner

 

        Howard Gardner, psicólogo e PhD da Universidade de Harvard, nasceu na Pensilvânia em julho de 1943. Publicou sobre a 'Teoria das inteligências múltiplas, mostrando que a inteligência é composta de pelo menos oito competências - lógico-matemática, linguística, interpessoal, intrapessoal, corporal-cinestésica, musical, espacial e naturalista. Ele pensou que somente os mais próximos se interessariam por sua pesquisa, porém, após a publicação de seus trabalhos, ficou internacionalmente conhecido e teve enorme receptividade entre educadores do mundo todo, pois trouxe uma nova forma de enxergar o aluno e  profundas implicações nas práticas pedagógicas.

        Gardner acredita em uma educação que privilegia a compreensão, se apronfundando nas mais diversas matérias. Partindo desse objetivo, percebeu que as inteligências múltiplas poderiam ser muito úteis, oferecendo formas diferentes de despertar o interesse dos estudantes, criar analogias e metáforas, representando diferentes maneiras de pensar sobre um tema. Para ele, um profundo conhecedor seria capaz de enxergar uma questão em vários aspectos, pois ele teria e usaria inteligências múltiplas. Gardner acha que isso deveria se fazer com as crianças, reconhecer suas competências, ajudá-las a encontrar opções que as usem, mas também, ampliar sua compreensão para que possam pensar de maneiras diferentes, utilizando as competências que possuem.

        Uma das coisas mais essenciais ao estudar as inteligências múltiplas é a compreensão de que tais inteligências não são sinônimos de talento, pois gardner acha insuficiente o talento diante da inteligência, mas sim, que é um potencial biológico e mais que isso, para ele, a inteligência está associada a capacidade de resolver problemas, ter projetos, desenvolver coisas úteis, sonhar e realizar tais coisas. E ele diz que para se criar algo que seja útil pra sociedade, a pessoa não utiliza somente uma maneira de criação, isso engloba a arte, a música, a profissão do envolvido. Ele percebeu, ao estudar pacientes com danos cerebrais, estudando diferentes pessoas, observando alunos, que nós temos múltiplas inteligências e que a capacidade de resolver problemas, de criar, pode acontecer em áreas diferentes do cérebro.

        Gardner passou a realizar pesquisas na área da neurologia, estudando onde ficam localizadas no cérebro algumas  faculdades, como a fala e a capacidade de enxergar. As pesquisas foram feitas a partir de pessoas que sofreram danos cerebrais ou que perderam alguma das faculdades. Ele se perguntou se no cerébro havia uma parte especial para as artes, para a linguagem, para a lógica. Ao final de 20 anos de estudo tinha seu trabalho pronto para ser publicado, quando foi procurado por uma fundação que o desafiou a encontrar a resposta para como essas pesquisas sobre cognição poderiam auxiliar na educação? A partir daí, ampliou bastante seu trabalho e publicou um livro sobre as estruturas da mente, com as bases das teorias das inteligências múltiplas.

        Para Gardner não existem infinitas inteligências, pois depois de um tempo, todas as que se conseguem mapear serão suficientes para explicar todas as capacidades e atividades humanas, mas, que também não só são aquelas identificadas por ele (inicialmente eram sete e não oito). A quantidade de inteligências não é fundamental, porém, existem coisas que são, uma coisa fundamental é que as inteligências são múltiplas (e isso marca a diferença entre as pessoas), são originais em sua forma de agir para cada pessoa. Assim como uma impressão digital, a teoria das inteligências múltiplas tem sua importância quando se assume que todos os alunos são diferentes, que aprendem de forma diferente, e que por isso suas diferenças devem ser consideradas.

...

Baixar como (para membros premium)  txt (6 Kb)   pdf (76.2 Kb)   docx (17.5 Kb)  
Continuar por mais 3 páginas »
Disponível apenas no TrabalhosGratuitos.com