TrabalhosGratuitos.com - Trabalhos, Monografias, Artigos, Exames, Resumos de livros, Dissertações
Pesquisar

Atividade de reflexão sobre o filme mentes perigosas e a antropologia

Por:   •  4/4/2017  •  Trabalho acadêmico  •  852 Palavras (4 Páginas)  •  713 Visualizações

Página 1 de 4

Layla Lara Alvim

ATIVIDADE DE REFLEXÃO

Trabalho apresentado na disciplina Socioantropologia, Cultura e Escola ministrada pelo Prof. Dr. Denis Badia.  

Universidade Estadual Paulista

“Júlio de Mesquita Filho”

Faculdade de Ciências e Letras

Campus de Araraquara

Curso de Pedagogia

Novembro – 2016

O texto “O trabalho do antropólogo: Olhar, ouvir, escrever” de Roberto Cardoso, disserta sobre algumas faculdades do entendimento, que seriam o olhar, o ouvir e o escrever, que são essenciais para a construção do saber no trabalho do antropólogo. Esse texto nos dá uma luz para entender melhor o papel da professora Louanne no filme “Mentes Perigosas”, que diante de um problema educacional busca novos recursos para trabalhar em sala de aula para cativar seus alunos e promover o interesse pelos estudos.

O filme “Mentes Perigosas”, conta a história de Louanne Johnson, uma ex-militar da Marinha, que procura uma nova oportunidade de emprego em uma escola de ensino médio. Entretanto ao conseguir o emprego ela não imagina as dificuldades que vai encontrar, pois é uma turma conturbada onde outras professoras já haviam desistido de lecionar por conta dos problemas; da falta de interesse pelos estudos; a falta de respeito etc., são alunos revoltados, problemáticos e desmotivados por conta de suas condições sociais, pois analisando as cenas do filme pode-se dizer que eles constituem um gueto e intimidam qualquer professor que tenta se aproximar. É então diante dessa situação que ela se vê obrigada a mudar toda sua prática pedagógica tradicional, com o propósito de motivá-los a participar das aulas e facilitar o processo de ensino e aprendizagem.

A professora começa a pesquisar em livros e manuais respostas a suas necessidades pedagógicas, mais não vendo resultado resolve trabalhar com os alunos assuntos que estão mais próximos de suas realidades, como por exemplo, quando ela fala sobre o caratê, e vê resultados com a participação dos alunos. No entanto a direção da escola se mostra resistente ao seu novo método de ensinar, já que segundo o diretor ela está fugindo do programa pré-estabelecido pelo corpo docente da instituição. Porém a professora continua com suas novas propostas, e começa a trabalhar com poesias para que os alunos possam refletir sobre a morte, que na realidade social deles é algo muito presente.

Louanne se mostra preocupada em conhecer as particularidades de cada aluno, o meio social, econômico e cultural onde eles vivem e com isso e com seu novo método de ensino ela consegue vencer a resistência da turma e ganha o respeito dos alunos, mas ao perceber que ainda não é o suficiente para que eles se mantenham atentos às aulas, ela vê nas recompensas uma forma de prender a atenção deles para as atividades até que eles entendam que a verdadeira recompensa que irão ganhar é a bagagem da aprendizagem.

Pode-se dizer então que Louanne realiza o trabalho de um antropólogo, pois assim como descrito no texto, os atos de ouvir e olhar são funções da observação por meio do qual o antropólogo interpreta e compreende a sociedade e a cultura do outro realizando uma observação participante com um olhar sem julgamento prévio. É exatamente o que a professora Louanne faz, com a ajuda das funções de olhar e ouvir é que ela observa e investiga o objeto de estudo que no caso seria a turma do ensino médio. Ela escuta seus alunos, procura conhecer a realidade deles fora da sala de aula, tenta se aproximar do “chefe” da sala, etc.

...

Baixar como (para membros premium)  txt (5.4 Kb)   pdf (113.3 Kb)   docx (12.7 Kb)  
Continuar por mais 3 páginas »
Disponível apenas no TrabalhosGratuitos.com