TrabalhosGratuitos.com - Trabalhos, Monografias, Artigos, Exames, Resumos de livros, Dissertações
Pesquisar

PROPOSTAS PEDAGÓGICAS INTERDISCIPLINARES NOS ANOS INICIAIS ENSINO FUNDAMENTAL

Por:   •  13/9/2019  •  Trabalho acadêmico  •  2.100 Palavras (9 Páginas)  •  104 Visualizações

Página 1 de 9

[pic 1][pic 2]

[pic 3]

[pic 4]

[pic 5]

[pic 6]

[pic 7]

[pic 8]

[pic 9]

[pic 10]


SUMÁRIO

1  INTRODUÇÃO.........................................................................................................3

2 DESENVOLVIMENTO..............................................................................................4

3 CONCLUSÃO.........................................................................................................11

4 REFERÊNCIAS.......................................................................................................12

ANEXOS....................................................................................................................14


  1. INTRODUÇÃO

Como futuros pedagogos, é de suma importância conhecer e analisar a Base Nacional Comum Curricular. Desta forma a proposta da produção textual tem como tema "As propostas pedagógicas interdisciplinares nos anos iniciais do Ensino Fundamental".  A partir desse assunto, foi possível refletir sobre as ideias norteadores de documentos muito importantes como a Base Nacional Comum Curricular. Ao sabermos, que todo trabalho de reformulação curricular impacta na atividade docente, o professor sendo o protagonista na implementação de modificações no campo teórico e prático, deve ter sempre como objetivo principal sustentar-se a garantia de oferta de formação humana integral, para que se haja uma consolidação de uma sociedade justa, democrática e inclusiva. Com isso, através dessas reflexões, atuando como docente possamos engajar nossos futuros alunos com seus próprios conhecimentos, potencializando ainda mais suas habilidades e construindo um aprendizado de qualidade capacitando nossos alunos.


  1. DESENVOLVIMENTO

FUNDAMENTAÇÃO TEÓRICA

O objetivo da educação na escola é atingir a qualidade social para todos , garantindo de forma sistemática a apropriação do conhecimento acumulado pela humanidade, além de desenvolver as diversas habilidades, contribui para o desenvolvimento integral do sujeito histórico para ter visão de mundo coerente e consistente.Com a educação, o indivíduo consegue resolver conflitos individuais, de grupos e coletivos alicerçada em valores éticos, promovendo e oportunizando o processo de construção coletiva, participativa na sociedade para manter e transformá-la de forma consciente, critica, criativa e responsável

            “O caminho que leva a construção da sociedade implica um processo gigantesco de educação, e não apenas a educação entendida no sentido da transmissão do conhecimento, mas no sentido da formação da cidadania. “ (Oliveira, p 181, 2000).

                 Relacionando a educação com interdisciplinaridade, vemos que a interdisciplinaridade vem sendo o norteador de referência teórica proporcionando condições de aprendizagens e permitindo ao educador reflexões no que se refere a planejar e agrupar diversos ramos do conhecimento.

Segundo Delois (2000) e Smole Dineiz (2001):

                ”O aluno aprende mais e melhor quando se encontra motivado para a aprendizagem e a motivação, por sua vez depende do quanto mais próximo o professor está a ele e ainda, da temática trabalhada nas aulas.”

  1. A BASE NACIONAL COMUM CURRICULAR E INTERDISCIPLINARIDADE

Por que é importante conhecer a Base Nacional Comum Curricular na prática docente?  É importante conhecer e compreender a Base Nacional Comum Curricular, por se tratar de um documento normativo para as redes de ensino e suas instituições públicas e privadas, sendo referência obrigatória para a elaboração dos currículos escolares e propostas pedagógicas para o Ensino Infantil e Ensino Fundamental. Além de integrar a diversidade dos avanços sociais, a pluralidade, os direitos e os objetivos de aprendizagem de nossas crianças e adolescentes, a Base Nacional Comum Curricular orienta a elaboração do currículo específico de cada escola, sem deixar de lado as particularidades metodológicas sociais e regionais de cada uma. Ela estabelece os objetivos de aprendizagem que se quer alcançar, garantindo a educação com equidade e a formação dos indivíduos por meio do desenvolvimento das competências essenciais em cada ano da educação. A Base estabelece conhecimentos, competências e habilidades que se espera todos os estudantes desenvolvam ao longo da escolaridade básica. Orientada pelos princípios éticos, políticos estéticos, traçados pelas Diretrizes Curriculares Nacionais da Educação Básica, a BNCC soma-se aos propósitos que direcionam a educação brasileira para a formação integral e para construção de uma sociedade justa, democrática inclusiva. Por isso, a BNCC fundamenta sua concepção pedagógica no desenvolvimento de competências previsto na Lei de Diretrizes e Bases da Educação (LDB 9.394/94). As competências estabelecem aquilo que o estudante deve saber, mas, principalmente, o que deve saber fazer, ao mobilizar conhecimentos, habilidades, atitudes e valores ao lidar com situações de seu cotidiano. Assim destacam-se as seguintes questões: compromisso com a formação e o desenvolvimento humano global (dimensões intelectual, física, afetiva, social, ética , moral e simbólica ) compromisso com a educação integral independentemente da duração da jornada escolar, construção de processos educativos sintonizados com as necessidades, possibilidades e interesses dos alunos e os desafios da sociedade contemporânea para formar pessoas autônomas e capazes de se servir dessas aprendizagens em suas vidas .

...

Baixar como (para membros premium)  txt (15.9 Kb)   pdf (672.6 Kb)   docx (364.1 Kb)  
Continuar por mais 8 páginas »
Disponível apenas no TrabalhosGratuitos.com