TrabalhosGratuitos.com - Trabalhos, Monografias, Artigos, Exames, Resumos de livros, Dissertações
Pesquisar

RESENHA ESCRITORES DA LIBERDADE

Por:   •  30/6/2017  •  Resenha  •  461 Palavras (2 Páginas)  •  149 Visualizações

Página 1 de 2

RESENHA

        

O filme ESCRITORES DA LIBERDADE, conta a historia de Erin Gruwel, uma ovem professora no inicio de sua carreira, que tem seus trabalhos iniciados, em uma escola onde os alunos tem uma fama de ser muito difíceis de trabalhar, a jovem professora se depara com uma turma muito bagunceira e sem interesse nas aulas. Mas ela não desiste termina fazendo um trabalho excelente com a turma, que logo se encanta pela professora. Os alunos começam viver experiências incríveis que jamais tinham vivido em uma realidade tão difícil, de crimes e drogas.

O filme é rico em varias dimensões no processo de ensina, aprendizagem, por exemplo, a relação afetivo-relacional, que está presente no método de ensino da professora, que desperta nos alunos, certo sentido no que aprendem isso gera certa emoção nos jovem e um êxito na aprendizagem dos mesmos.

Percebemos a dimensão personológica no momento que a professora apresenta os diários para a classe, onde ela começa entender seus alunos, a situação de cada um e desenvolve neles a personalidade, através de novas formas de aprendizado, antes não vivenciados pro eles.

No decorrer do período letivo, a professora Erin apresenta aos alunos livros, que contam historia que os jovens se identificam pelo fato e serem historias semelhantes ao cotidiano deles, temos presentes à dimensão criativa durante todo o trabalho da professora Gruwel durante todo o filme, levando aos alunos transformarem aquilo apresentado em suas historias de vida. A escola no filme deixa claro que os alunos da turma, não aprendem pelo fato de serem ‘‘ burros’’, ou seja, não vão aprender pelo fato de serem jovens da periferia, de uma realidade muito pobre em cultural e mostrando assim uma visão ambientalista, contudo a professora acredita que estudando seus alunos, compreendendo cada um deles individualmente, vai das dificuldades vividas por eles, que fica claro no momento da leitura dos diários.

A professora percebe que os alunos estão presos aos conhecimentos da sala de aula, e a realidade que vivem não permite que eles saiam daquele meio, ou seja, de certa forma, são pobres culturalmente, e ela proporciona aos alunos o conhecimento de outra cultura, no passeio ao museu, conhecendo a historia do holocausto, os alunos despertam um desejo de saber cada vez mais, sendo assim percebemos a concepção que fundamenta todo enredo através da professora Gruwel, aplicando a concepção sócio-histórica.

No fim do ano, os alunos estão preocupados, e temem que a querida professora, não esteja com eles nos anos seguintes, com o argumento de que a turma evoluiu, e o método da professora, de o próprio aluno se avaliar, refletir sobre si mesmo trouxe bons resultados com o trabalho dela, a administração da escola, permite que ela acompanhe a turma por mais dois anos, para alegria da turma.

...

Baixar como (para membros premium)  txt (2.8 Kb)   pdf (59 Kb)   docx (11.2 Kb)  
Continuar por mais 1 página »
Disponível apenas no TrabalhosGratuitos.com