TrabalhosGratuitos.com - Trabalhos, Monografias, Artigos, Exames, Resumos de livros, Dissertações
Pesquisar

Um Parecer sobre a Política Nacional de Educação Especial na Perspectiva da Educação Inclusiva

Por:   •  17/4/2016  •  Trabalho acadêmico  •  328 Palavras (2 Páginas)  •  279 Visualizações

Página 1 de 2

Um Parecer sobre a Política Nacional de Educação Especial na Perspectiva da Educação Inclusiva

Disciplina: Políticas Públicas Educacionais – Resenha

O texto de Sabine A. A. Vergamini, expõe a realidade e os avanços em relação a educação inclusiva, que teve seu ponta pé inicial na Conferência mundial sobre necessidades educativas especiais: Acesso e Qualidade, realizada pela UNESCO, em Salamanca (Espanha), o que ao meu ver foi extremamente positivo e produtivo. Nesta conferência o Brasil, juntamente com outros países, assinaram a declaração de Salamanca, documento este voltado para os direitos das crianças com necessidades especiais.

        Fala-se também no texto sobre a divergência entre Integração e Inclusão. No primeiro as pessoas portadoras de necessidades especiais devem se adaptar a sociedade. Já na Inclusão, a sociedade tem a tarefa de se modificar para acolher a todos, respeitando a particularidade de cada um.

        Destaca-se no texto, na parte sobre a Declaração de Madrid, uma filosofia de empoderamento, ou seja, conceder o poder as pessoas com deficiência, no sentido delas poderem fazer suas próprias escolhas, tendo controle sobre suas próprias vidas, tornando-se independente e dando-lhes oportunidades para exercerem suas habilidades.

        Quanto a educação escolar, entendo que todas as crianças devem ter a oportunidade de aprender, seja em escolas regulares ou em escolas especializadas para suas necessidades, respeitando as diversidades e igualdades, e se opondo a padronização.

        Infelizmente nem todas as crianças matriculadas em escolas regulares permanecem nas mesmas, pois encontram barreiras, como por exemplo, no caso dos deficientes auditivos, a dificuldade de acompanhar as instruções em português, já que o método mais utilizado é o oralismo. Este exemplo foi bastante mencionado no texto.

        De uma maneira geral, acredito que a formação qualificada dos professores e a adaptação das escolas, auxiliariam extremamente na inclusão das crianças com necessidades especiais.

...

Baixar como (para membros premium)  txt (2 Kb)   pdf (39.9 Kb)   docx (8.7 Kb)  
Continuar por mais 1 página »
Disponível apenas no TrabalhosGratuitos.com