TrabalhosGratuitos.com - Trabalhos, Monografias, Artigos, Exames, Resumos de livros, Dissertações
Pesquisar

Escola com quem sempre sonhei. rubens alves

Por:   •  4/11/2015  •  Resenha  •  436 Palavras (2 Páginas)  •  470 Visualizações

Página 1 de 2

Escola retrógrada

        A crônica faz uma crítica da abordagem comportamentalista, pois nesta abordagem os seres humanos são induzidos ao processo mecânico como se fosse maquinas de produção.

        Dentro das escolas comportamentais os professores e diretores exige resultado de todos, avaliando os de uma mesma forma, este critério não é aprovado pois não identifica a inteligência do ‘ser’.

       Rubem Alves critica o comportamentalismo por dizer que as avaliações são insertas e a maneira de ensinar não desperta o interesse dos jovens aprendiz, os professores ensina matérias desnecessárias para os alunos, ensina também os alunos a decorar e não a construir ideais e raciocínios.

       Os supostos mestres passam para seus alunos matérias copiadas de livros, apostilas e até mesmo da internet. Raramente os professores despertam interesse da classe de aula pelo aprendizado, com isso constantemente suplica pelo silencio e atenção,

       Segundo Rubem Alves a escola da ponte era a escola dos seus sonhos, por abordar éticas e costumes diferentes do comportamentalismo e também por tratar os alunos como seres humanos independentemente da convivência social, pois os alunos não fazem parte de uma fábrica, tão pouco são maquinas mecânicas.

       E sim humanos, que devem ser tratados diferentemente e avaliados de forma adequada, pois a avaliação das escolas comportamentais não condiz com o saber do ser, e as pessoas são moldadas para serem iguais, para terem saberes iguais e serem avaliadas igualmente.

      Na crônica de Rubem Alves – ‘‘Quero uma escola retrograda’’ ele deixa claro que seu sonho era que as escolas não existissem capitalismo, ou melhor o processo capitalista, onde o objetivo e produzir seres humanos idênticos.

      Ele desejava que a época do artesanato voltasse, isso e, que cada ser tivesse sua criatividade, seu modo de pensar, seu modo de comportar, independentemente do contexto de ambiente.

     Contudo o humanismo deseja ensinar o ser a pensar e tem curiosidade para o saber, assim que deve ser as escolas, ter o dever de melhorar os sistemas de aprendizagem e avaliação.

     Através disso o objetivo e desperta o interesse individual de produzir ideias e pensamentos, com isso os indivíduos iria procurar seus próprios interesses e deixar de se preocupar com os interesses de uma sociedade comportamentalista, onde tudo que o ser aprendendo e cobrado e avaliado de forma injusta.

 

 

...

Baixar como (para membros premium)  txt (2.5 Kb)   pdf (34.2 Kb)   docx (10.8 Kb)  
Continuar por mais 1 página »
Disponível apenas no TrabalhosGratuitos.com