TrabalhosGratuitos.com - Trabalhos, Monografias, Artigos, Exames, Resumos de livros, Dissertações
Pesquisar

Adolescência: Torna-se jovem

Por:   •  20/5/2015  •  Trabalho acadêmico  •  1.280 Palavras (6 Páginas)  •  60 Visualizações

Página 1 de 6

[pic 1]

Faculdade Brasileira de Ensino, Pesquisa e Extensão - FABEX

Curso de Serviço Social – Turno: Noite – Turma: 2015.1 (P3)

Disciplina: Psicologia Geral

Professora: Jackeline Matias

Rosângela Sousa Alves

                                           

Relatório

        

     

        João Pessoa – PB 04 de Maio de 2015.

Relatório sobre os seminários

Tivemos seis temas ministrados em sala de aula: Família, Escola, Meios de Comunicação, Adolescência, Violência e por último Saúde e doença mental.

A escola

A escola, hoje é uma das mais importantes instituições sociais ou fazer a mediação entre o indivíduo e a sociedade. Por transmitir a educação e a cultura, como modelos sociais de comportamento e valores morais permitindo que o indivíduo humanize-se socialize-se e adeque-se. A partir da idade média a educação virou produto da escola, pessoas especialmente se qualifica nas tarefas de transmitir o saber. Poucos iam a escola, que era destinada as elites, servindo aos nobres e depois a burguesia onde o básico era a cultura e os conhecimentos.

São muitos os problemas da escola, enfatizamos dois problemas presentes na escola: o aspecto teórico da educação, que se refere as concepções apresentadas nas teorias pedagógicas, e o prático, que se refere ao cotidiano da educação escolar. Os problemas da escola referem nessas duas esferas: nas concepções pedagógicas e na realidade cotidiana. A escola, um meio que prepara para a vida, no cotidiano escolar também é definida como meio que prepara para a vida mesmo sendo um meio fechado. Acredita que cultivando o indivíduo e ensinando-lhe a cultura acumulada pela humanidade conseguirá desenvolver o que há de melhor.

Na verdade, a escola como instituição social, estabelece um vínculo ambíguo com a sociedade. Trabalha para ela formando os indivíduos necessários a sua manutenção. No entanto, é a tarefa da escola zelar pelo desenvolvimento da escola junto com a sociedade. Por isso a escola não pode ficar presa ao passado, ao antigo, a tradição onde abre a possibilidade para o surgimento de uma escola crítica e inovadora.

A escola surgiu para responder as necessidade social de preparo do indivíduo para a vida publica, a família ficou com a formação moral de seus filhos, a escola ocupa grande parte da vida dos alunos.

                                             

Meios de Comunicação de massa

Os meios de massa ganharam uma importância formidável nos últimos tempos. A imprensa que chamada por alguns de “o quarto poder” trata-se de uma alusão a importância que a difusão da informação ganhou no mundo contemporâneo. Assim que os meios de comunicação de massa percebeu a importância de se trabalhar em questão da subjetividade, a presença do psicólogo na mídia passou a ser mais requisitada com frequência. Mesmo o psicólogo não tendo as mesmas habilidades de um profissional de publicidade para produzir um comercial, o psicólogo vem se tornando o profissional que assessora o setor de criação, ocupando cada vez mais espaço na mídia.

O principal mecanismo psicológico utilizado pelos publicitários e por profissionais da mídia é a persuasão. Trata-se de um mecanismo de convencimento que pode ou não ultrapassar as bases racionais das difusão de uma mensagem, uma questão importante e lembrada quando se fala do uso da psicologia nos meios de comunicação de massa e da participação de psicólogos neste trabalho referisse a ética . a psicologia e o psicólogo não se tem o poder de controlar as pessoas, de faze-las compras entre outros poderes que a mídia articula.

Adolescência: Torna-se jovem

A ciência não retraduz a realidade, mais afasta-se dela para poder compreende-la, quando procuramos separar o conhecimento cientifico do conhecimento do censo comum. Adolescência e juventude não tem uma definição precisa, vários estudos afirmam que a adolescência é a fase que vem depois da infância e antes da juventude. Chegam a afirmar que a adolescência começa por volta dos doze anos e termina por volta dos dezoito.

No dia a dia usamos o censo comum das pessoas, o termo adolescência é pouco usado, refere-se ao termo juventude para designar tanto o menino ou a menina após a puberdade quanto o jovem adulto, não e tem um critério claro para definir a fase que vai da puberdade até a idade adulta. Essa confusão se dá porque a adolescência não é uma fase natural do desenvolvimento humano mais um derivado da estrutura sócio econômico. Em outras palavras, nós não temos adolescência e sim adolescentes. Mais não se pode dizer que todo adolescente de nossa sociedade  passa pelo mesmo processo, já que a formação dos adultos depende muito do convívio social.

...

Baixar como (para membros premium)  txt (7.7 Kb)   pdf (211.2 Kb)   docx (116.5 Kb)  
Continuar por mais 5 páginas »
Disponível apenas no TrabalhosGratuitos.com