TrabalhosGratuitos.com - Trabalhos, Monografias, Artigos, Exames, Resumos de livros, Dissertações
Pesquisar

Fichamento - Cap. 1 Bauman - O mal estar da pós modernidade

Por:   •  27/4/2016  •  Trabalho acadêmico  •  337 Palavras (2 Páginas)  •  831 Visualizações

Página 1 de 2

BAUMAN, Zygmunt. O mal estar da pós-modernidade. Rio de Janeiro: Jorge Zahar Ed., 1998.

- A nova grande inquietação da humanidade diz respeito às liberdades individuais. Anteriormente a tensão dizia respeito às questões relacionadas ao desejo de controle e ordem.

- A organização atual das nossas formas de viver apresenta atualmente o que Bauman chama de “deslocamentos”. Esses deslocamentos, esse comportamento, colocam em xeque algumas contingências dos espaços e tempos que habitamos, fazendo do mundo atual o que ele é.

- A noção de ordem norteou o pensamento moderno, não por outra razão, mas porque condizia com o desejo da humanidade de construir o mundo dito “estável, seguro, limpo, coerente, sólido, puro”. A idéia central, portanto, é que segundo a compreensão moderna, quanto maior o controle, mais perfeito seria o mundo.

- Sensação flutuante de ser. Não temos segurança, e a ansiedade e apreensão são sentimentos que permeiam a vida pós-moderna. Incerteza e desconfiança são mal estares modernos. Nova desordem mundial → Forças de mercado estão cada vez mais presentes na construção da nova ordem do mundo.

- Lógica: Ordem pressupõe fixidez, que é o que não existe quando o mercado capitaneia o comportamento. O mercado é dinâmico, por trabalharem com maior escassez de regulamentos, criam verdadeiras “desordens”.

- Na percepção de Bauman, então, a liberdade invidividual ganha uma outra faceta. Impõe dizer: quanto maior for nossa possibilidade e flexibilidade de ação, enquanto seres livres para escolher diante de uma variedade de opções e de caminhos que nos é apresentada, maiores também serão as chances de a liberdade do capital (“à custa de todas as outras liberdades” ) seguir desenfreadamente crescendo.

- a perspectiva a partir da qual Bauman trabalha põe em discussão a idéia de que, em nossa época contemporânea, a liberdade não tem feito outra coisa melhor que sobrepor camadas sociais: “a liberdade de escolha, eu lhes digo, é de longe, na sociedade pós-moderna, o mais essencial entre os fatores de estratificação. Quanto mais liberdade de escolha se tem, mais alta a posição alcançada na hierarquia social pós-moderna”.

...

Baixar como (para membros premium)  txt (2.2 Kb)   pdf (130.9 Kb)   docx (8.8 Kb)  
Continuar por mais 1 página »
Disponível apenas no TrabalhosGratuitos.com