TrabalhosGratuitos.com - Trabalhos, Monografias, Artigos, Exames, Resumos de livros, Dissertações
Pesquisar

Resumo Critico do Vídeo (Justiça o que é fazer a coisa certa)

Por:   •  21/4/2016  •  Resenha  •  510 Palavras (3 Páginas)  •  1.258 Visualizações

Página 1 de 3

Nomes: Nayara Caleffi 43479

Ana Caroline  

Titulo: Resumo crítico (Justiça o que é fazer a coisa certa)

Obra: No vídeo três Sandel começa dizendo sobre filosofia utilitária de Jeremy Bantham. Bantham nasceu na Inglaterra em 1748. Aos 12 anos, ele entrou em Oxford, aos 15 estava cursando direito. E se formou advogado aos 19 anos, mas não exerceu a profissão. Ao invés disso, dedicou a vida à jurisprudência e filosofia moral. E Sandel examinou a versão de Bantham do utilitarismo.

Conteúdo: A ideia principal é facilmente expressa, é a seguinte: o principio mais elevado da moralidade tanto pessoal quanto politica, e maximizar o bem estar geral da felicidade, ou o saldo geral de prazer sobre a dor. Resumindo, maximizar a utilidade.
Em lógica utilitária muitas vezes é chamada de analise de custo-benefício. E é utilizada toda hora por empresas e por governos. O que envolve é colocar um preço, geralmente em dólares, para simbolizar a utilidade.
Sandel fala de um exemplo da República Tcheca que resolveu aumentar imposto sobre o tabaco através de uma proposta. E Philip Morris, fabricante de cigarros, ganha muito dinheiro na República Tcheca. Então ele fez um estudo de uma analise e custo-benefício. E nesse estudo que fizeram o governo sairia ganhando, por motivo que aumenta os gastos na saúde, com pessoas com doenças de tabagismo.
E também tem outro custo-benefício, o da Ford que tem um carro bem popular porem e muito frágil por causa do seu tanque de combustível que fica na traseira, em uma colisão atrás ele explodiria. Algumas pessoas morreriam e outras ficariam gravemente feridas. E as vitimas então levariam a Ford ao tribunais e a processaram, mas no processo descobriram que a empresa já sabia a muito tempo sobre o tanque de combustível vulnerável então fizeram a analise de custo-benefício para ver se valia a pena investir, e calcularão como 11 dólares por carros e que daria 137 milhões se fossem todos os carros. Depois verificaram que era muito dinheiro e fizeram de outro jeito consideram 180 mortes, e dariam um valor monetário a cada um e não chegaria a este valor.

Analise de forma crítica: A primeira concepção de justiça utilitária foi elaborada por Jeremy Bentham e se alicerça na máxima efetividade, ou seja, ainda que algumas pessoas venham a sofrer com determinada decisão, se um número maior de pessoas se beneficiar, tal escolha seria moralmente justificável, pelo principio da máxima efetividade em prol do bem da maioria. Exemplo histórico e cabal é o da Ford que preferiu ter mortes e pagar para as famílias valor monetário ao arrumar o tanque de combustível para a segurança delas, porque daria um valor muito alto. Isso é desconsideração de direitos naturais fundamentais, sendo irrelevante para o julgamento a opinião e os direitos da minoria prejudicada. 

...

Baixar como (para membros premium)  txt (3.2 Kb)   pdf (73.5 Kb)   docx (9.4 Kb)  
Continuar por mais 2 páginas »
Disponível apenas no TrabalhosGratuitos.com