TrabalhosGratuitos.com - Trabalhos, Monografias, Artigos, Exames, Resumos de livros, Dissertações
Pesquisar

LIDERANÇA - CAP. 11 LIVRO COMPORTAMENTO ORGANIZACIONAL CONCEITOS E ESTUDOS DE CASO - RESUMO

Casos: LIDERANÇA - CAP. 11 LIVRO COMPORTAMENTO ORGANIZACIONAL CONCEITOS E ESTUDOS DE CASO - RESUMO. Pesquise 788.000+ trabalhos acadêmicos

Por:   •  26/6/2013  •  1.522 Palavras (7 Páginas)  •  3.864 Visualizações

Página 1 de 7

LIDERANÇA – CAP. 11 LIVRO COMPORTAMENTO ORGANIZACIONAL CONCEITOS E ESTUDOS DE CASO

“Lideres eficazes também tem um forte senso de responsabilidade e uma tendência para completar tarefas, energia e persistência para atingir objetivos e ainda uma disposição para tolerar frustrações e atrasos”

O capitulo 11 do livro “Comportamento Organizacional – Conceitos e Estudos de Caso” aborda o tema LIDERANÇA de um ponto de vista geral, considerando todo tipo de liderança exercida, seja empresarial ou não.

O texto relata que geralmente a diferença básica entre um gerente e um líder é que o gerente é aquele que faz com que o trabalho seja realizado de forma adequada, enquanto o líder é aquele que decide como a tarefa deveria ser.

Líderes são pessoas que se destacam no meio de outras por apresentarem características distintas que acabam chamando a atenção, exercem influência natural sobre os outros, que os seguem por acreditar em suas ideias e praticas.

LIDERANÇA COMO INFLUÊNCIA

O tópico aborda algumas dificuldades dos líderes em conseguir ajudar a equipe a alcançar os objetivos da organização, muitas vezes os meios para se alcançar algo não são claros , sujeitos a discussão ou negociação e podem mudar no correr do tempo, todos tem ideias relativas ao que deveria ser feito para facilitar o processo e aumentar os resultados e tentarão fazer com que suas propostas prevaleçam, cabendo a figura do líder conciliar todas ideias colocando todas no mesmo foco e dando rumo a sua equipe, o líder assume a responsabilidade de motivar toda a sua equipe para que essa trabalhe sempre em busca de resultados satisfatórios, fazendo com que a organização obtenha êxito em suas metas e objetivos e nesse ponto se diferenciam todos os líderes, porque cada situação é única e cada empresa ou equipe deve ser tratada individualmente não havendo nenhuma fórmula capaz de ser usada em todas as situações empresariais. Com certeza, isso é mais fácil de dizer do que de fazer, nem sempre os subordinados trabalham bem e nem sempre estão ligados ou interessados no sucesso da organização, o elemento fundamento para fazer isso dar certo é a influência que o líder exerce sobre os outros, esta não ocorre isoladamente, é necessário um para influenciar e outro para ser influenciado, sendo esta uma relação de constante troca já que a pessoa influenciada sempre tentará também influenciar de alguma forma, como o funcionário que reclama quando avisado que a jornada de trabalho será estendida, ou do estudante que argumenta quando o prazo para entrega do trabalho vence logo após um feriado.

“Liderança é a habilidade de fazer outros homens fazerem o que não querem e gostar disso.” (Harry Truman)

A influencia pode ser dividida e FORMAL e INFORMAL, a influencia formal é aquela exercida por quem possui um cargo ou de uma posição em um sistema social, esta totalmente ligada a posição que o sujeito ocupa, como um gerente de uma empresa ou um treinador de alguma equipe.

A influencia informal não se da pela posição que a pessoa ocupa, não esta ligada a cargo, mas ao carisma do individuo e na convicção de suas ideias que levam outros a segui-lo ou pela intimidação que o mesmo possa causar em outros.

No caso da influencia informal, vale ressaltar que nem sempre a mesma é positiva, exemplo disso pode ser um colega de empresa que ameaça bater em outro se o mesmo continuar produzindo tanto ou os colegas de classe rindo de um aluno que fez uma pergunta, mesmo que o professor peça que os alunos exponham suas duvidas.

COMO AS PESSOAS SÃO INFLUENCIADAS

As pessoas podem ser influenciadas a acatar uma liderança de três formas distintas:

Submissão, o sujeito faz alguma coisa em razão do que pode acontecer se não fizer, ele cumpre a ordem não por entender e aceitar a razão dela, mas por pensar no que pode acontecer se a mesma não for cumprida de acordo.

Identificação ocorre quando a pessoa é influenciada pela atração provocada pelo líder, seja pelo carisma dele, ou por ele possuir algo que ela deseja como um cargo ou outra posição importante.

Internalização, essa ocorre quando o líder tem os valores e a experiência necessária para conquistar a confiança de todos, estes passam a acreditar que a sugestão do líder é realmente o melhor caminho a seguir e assumem a opinião e os ideais dele como certo para a solução dos diversos tipos de problemas da organização.

PODER

O capítulo 11 traz o segundo conceito para poder “É a capacidade de exercer influência” (pag. 261) e afirmar que tem poder as pessoas capazes de exercer um ou mais dos quatro tipos de influencia citados acima, deste modo, entendo que esse poder pode gerar benefícios ou não para a organização porque a pessoa que o detêm tem a escolha de como fará uso do mesmo, em favor da empresa ou em favor de seus objetivos pessoais, sejam eles em qualquer organização.

O texto afirma que, pelos menos nos Estados Unidos, pode-se dizer que o poder é um pouco “sujo” porque eles consideram que o mesmo é “a capacidade de fazer as coisas acontecerem dentro da organização” (pag. 261) sendo totalmente necessária essa habilidade para que o trabalho organizacional possa acontecer, mas é importante lembrar que talvez, em alguns casos esse tipo de pensamento pode ser um tiro contra a empresa, pois os funcionários podem se sentir diminuídos ou que são apenas objetivos descartáveis e não parte do processo produtivo da empresa, gerando desinteresse e desmotivação em cumprir metas e ajudar a organização a atingir seus objetivos.

O poder vai para

...

Baixar como (para membros premium)  txt (9.4 Kb)  
Continuar por mais 6 páginas »
Disponível apenas no TrabalhosGratuitos.com