TrabalhosGratuitos.com - Trabalhos, Monografias, Artigos, Exames, Resumos de livros, Dissertações
Pesquisar

Resumo documentário "Home"

Por:   •  23/4/2015  •  Resenha  •  894 Palavras (4 Páginas)  •  6.179 Visualizações

Página 1 de 4

Home é um documentário originário da França no ano de 2009, do francês Yann Arthus-Bertrand. Sendo o roteiro de Isabelle Delannoy, Yan Arthus-Bertrand, Denis Carot e YenLe Van.Produção de Denis Carot e Luc Besson. Edição de Yen Le Van e música de Armand Amar.
Seu lançamento foi mundial em mais de 50 países, aconteceu em 5 de junho, dia mundial do meio ambiente. O filme trata-se de uma narrativa que traça o perfil da Terra desde os primórdios do surgimento da vida no planeta há 3,5 Bilhões de anos atrás, até os dias atuais mostrando o que a humanidade tem feito com o nosso planeta. Dando enfoque maior às transformações que vieram ocorrendo nos últimos 200 mil anos, quando a partir do surgimento da humanidade, onde ocorreram mudanças que decididamente provocaram um desequilíbrio em nosso planeta. Ele traz-nos imagens aéreas únicas e belíssimas de mais de 50 países, partilhando esperanças e angustias que permitem uma viagem sensorial tamanha a beleza das paisagens e da trilha sonora sensacional. A versão estendida de “Home – Nosso Planeta, Nossa Casa” conta com duas horas de duração, tendo como objetivo convencer a todos sobre a nossa responsabilidade individual e coletiva de cuidar de nosso planeta. O filme começa a falar do surgimento do planeta e de suas transformações e meio ambiente, o ciclo terrestre da água nunca é interrompido, água e ar são inseparáveis, tudo na vida é ligado e setenta por cento do ar vem das algas verdes do oceano. Levou –se mais de quatro bilhões de anos para as árvores surgirem, elas herdaram das cianobactérias o poder de capturar energia da luz. A terra é um milagre. Cada espécie tem seu lugar e atuam para manter um equilíbrio. A força física que faltou nos humanos, é encontrada nos animais; que os ajudam a conquistar territórios. A agricultura foi a nossa grande revolução. Quando o solo é escasso tentamos pelo menos tirar o que sobreviver. Nos últimos sessenta anos a população da terra triplicou. Com a o surgimento do petróleo muita coisa mudou: na agricultura a mão de obra foi substituída por máquinas. Quanto mais o mundo evolui, mais ele precisa de energia. Até o fim do século, a mineração excessiva terá esgotado toda a reserva do planeta. Devido a pesca exagerada, muitas espécies de peixes deixaram de existir, por não dar tempo de se reproduzirem. Quinhentos milhões de humanos vivem em locais desertos. A Índia será o país que mais sofrerá com a falta de água. O Pantanal representa seis por cento do planeta. A maior floresta tropical Amazônia foi reduzida em vinte por cento em quarenta anos. A fome afeta quase um milhão de pessoas. Sobre o efeito do aquecimento global a camada de gelo do polo diminuiu em quarenta por cento sua espessura. Até 2050, vinte das espécies animal do planeta estará em extinção. Se o gelo da Groelândia, derreter o nível do mar subirá sete metros. Na Austrália metade das áreas de cultivo já foram afetadas pela destruição do meio ambiente. Nós moldamos nossa terra a nossa imagem: se ela está sendo destruída, fomos nós que a colocamos assim. A Terra se formou a partir de partículas de poeira cósmica, o milagre da vida então ocorreu. Nos lagos quentes da terra originou-se as Arque bactérias, há 4 milhões de anos atrás, se alimentando do calor da terra. Exceto as Ciano bactérias, as Algas verdes, que possuem a capacidade de obter energia do sol e são os ancestrais das plantas de hoje em dia. Essas bactérias foram as responsáveis pela alteração da atmosfera, mudando o destino do Planeta, com a transformação do CO2 em O2, liberado na atmosfera, Podendo assim, gerar outras formas de vida na terra. Com a vida na Terra, toda espécie tem a sua função e o seu lugar, todos se balanceiam. E a 200 mil anos o homem surgiu nessa história mudando a face da Terra. Começando com: a agricultura, que foi a primeira grande revolução, a menos de 10 mil anos dando à luz a cidades e civilizações. Em seguida, a humanidade encontrou uma forma de explorar as energias submersas na terra, como óleo, gás, carvão e minérios. Isso gerou uma rápida mudança no Planeta, uma revolução industrial aconteceu, criação de maquinas, fabricas, grandes edificações e etc., a tecnologia tomou conta. Quanto mais o mundo cresce, maior é o consumo de energia e essa energia não está sendo renovada. A agua, está ficando escassa com o passar dos tempos, e a falta dela poderá afetar 2 bilhões de pessoas antes de 2025. As florestas são os pilares do balanço climático de que dependemos. Em 40 anos a maior floresta tropical do mundo foi reduzida em 20%, a floresta amazônica, todo o desmatamento no planeta está voltado para a agricultura, pecuária e industrialização. O transporte, industrias, desmatamento, agricultura. Nossas atividades são responsáveis pela liberação de grandes quantidades de carbono, mudando o balanço climático do Planeta. Ocasionando um aquecimento global, que está afetando muito nossa Planeta e só quem tem a perder com isso somos nós, as espécies de seres vivos aqui da Terra. Mas alguns países ainda são pessimistas e estão dando a volta por cima. Fortalecendo a cultura, educação e inovação. ONGs desenvolvendo solidariedade. A preservação está cada vez mais em alta no Planeta, beneficiando a todas as espécies. Cabe a nós escrever o que acontecerá daqui pra frente JUNTOS.

...

Baixar como (para membros premium)  txt (5.3 Kb)   pdf (70.8 Kb)   docx (747.2 Kb)  
Continuar por mais 3 páginas »
Disponível apenas no TrabalhosGratuitos.com