TrabalhosGratuitos.com - Trabalhos, Monografias, Artigos, Exames, Resumos de livros, Dissertações
Pesquisar

A INCLUSÃO DO ALUNO SURDO NO ENSINO FUNDAMENTAL

Por:   •  19/10/2016  •  Artigo  •  4.840 Palavras (20 Páginas)  •  163 Visualizações

Página 1 de 20

A INCLUSÃO DO ALUNO SURDO NO ENSINO FUNDAMENTAL

Gutemberg Martins de Sales

Resumo: Uma vez que a cidadania também é vista como forma de organização e planificação das condições necessárias de vida em sociedade, torna-se imprescindível delinear objetivos de vida comuns que preservem os valores humanos e que refreiem de alguma forma as desigualdades e injustiças sociais. A educação dos surdos no Brasil está entrando em uma fase, que caracteriza um período de transição, onde os estudos estão apontando na direção de uma proposta educacional bilíngue, dessa forma por meio de pesquisa bibliográfica objetivou-se apontar as maneiras como se está trabalhando com alunos surdos na atualidade.

Palavras chaves: Inclusão. Surdez. Educação especial.

Abstract: Once citizenship is also seen as a form of organization and planning of the conditions of life in society, it is essential to outline common life goals that preserve human values ​​and refreiem somehow inequalities and social injustices. The education of the deaf in Brazil is entering a stage featuring a transition period, where the studies are pointing towards a bilingual educational proposal thus through literature search aimed to point out the ways in which you are working with deaf students today.

Keywords: Inclusion. Deafness. Special education.

1 Introdução

Pretende-se com este artigo mostrar como acontece o desenvolvimento cognitivo e afetivo da criança e a relação da escola com a criança e a família, sobretudo quando se trata de uma criança com deficiência, pois a escola tem uma função social de preparar os alunos para enfrentarem as futuras exigências de sua vida pessoal, social e profissional.

Entende-se o quanto é difícil uma escola ser inclusiva e respeitosa na individualidade de seus membros, mas a elaboração do projeto educativo tem sido um bom recurso para resolver este problema e começar a buscar soluções nas instituições. A angústia e ansiedade de pais e professores interferem na relação de seu rendimento escolar e a criança sente-se pressionada, dessa forma, problemas sempre irão existir.

A escolha do tema “a inclusão do aluno surdo no ensino fundamental” se deu por perceber-se que muitas vezes pais e professores não sabem o porquê seus filhos e alunos estão agindo agressivamente, o que pode ocorrer por ser uma simples falta de diálogo por não ter uma comunicação eficiente, em saber o que está acontecendo com ele, ou mesmo devido a uma dificuldade física – deficiência ainda não percebida e ou diagnosticada.

Conforme diz Gardner (2004) dialogar é contar experiências, é segredar o que está oculto no coração, é penetrar além da cortina dos comportamentos, é desenvolver inteligência interpessoal.

Os profissionais da saúde mental e da educação, como o Psicopedagogo, por exemplo, têm o propósito de aproximar os dois sistemas escola/família, buscando canais de comunicação, às vezes com uma pequena ajuda externa da família, elas vêem o funcionamento da escola com maior clareza possível.

Nessa linha reflexiva buscou-se por meio de pesquisas bibliográficas, dissertar sobre as leis de diretrizes e bases e o direito educacional contra as diferenças entre problemas e distúrbios de aprendizagem, sintetizando o trabalho educativo com alunos deficientes, focando a surdez e a importância de um espaço físico adequado para se trabalhar com estas pessoas e outras que possuam deficiências seja qual for o tipo, além de comentar sobre os direitos do surdo em sociedade e os princípios básicos e fundamentais para o desenvolvimento do indivíduo conforme a política nacional de educação especial.

2 Desmistificando o assunto

Conforme Martins (2002) direito educacional é disciplina das Ciências Jurídicas ou das Ciências da Educação, logo, a lei de diretrizes e bases da educação nacional (LDBEN) é vista aqui como um ordenamento jurídico de grande impacto nas instituições de ensino e que, por isso mesmo, suas informações devem ser levadas a educadores e juristas que se preocupam com as questões da educação escolar.

A investigação do direito da educação e de seu objeto, a legislação educacional, exige de educadores e juristas a compreensão da teoria educacional e da doutrina jurídica, especialmente o direito constitucional positivo.

...

Baixar como (para membros premium)  txt (33.1 Kb)   pdf (218.9 Kb)   docx (21 Kb)  
Continuar por mais 19 páginas »
Disponível apenas no TrabalhosGratuitos.com