TrabalhosGratuitos.com - Trabalhos, Monografias, Artigos, Exames, Resumos de livros, Dissertações
Pesquisar

Musica e Arte

Por:   •  16/9/2016  •  Seminário  •  1.687 Palavras (7 Páginas)  •  452 Visualizações

Página 1 de 7

[pic 1]

ANHANGUERA EDUCACIONAL

SOROCABA

PEDAGOGIA – EJA

ELIARA DIAS DOMINGUES 8097917397

FRANCINE LORENA DE MOURA 8487210684

MARIA ANTÔNIA OLIVEIRA SANTANA 8207983035

ROSELENE BOZZOLA 8412139736

SILMARA RODRIGUES REIS 8207944270

A educação de jovens e adultos, no Brasil;

Aspectos sociais e legais no Brasil.

SOROCABA

2016


Trabalho de Pesquisa apresentado à disciplina de Educação Inclusiva do Curso Pedagogia, da Faculdade Anhanguera de Sorocaba, como requisito parcial de avaliação da Disciplina de Educação de Jovens e Adultos – EJA.

 

SOROCABA - SP

2016


SUMÁRIO

1 INTRODUÇÃO.................................................................................................

12

1.2 Objetivos geral............................................................................................

13

1.3 Justificativa..................................................................................................

13

2 DESENVOLVIMENTO....................................................................................

14

3 CONCLUSÃO..................................................................................................

18

REFERÊNCIAS...................................................................................................

19

1 INTRODUÇÃO

Neste trabalho falaremos sobre a educação de Jovens e adultos no Brasil, suas constituições, legislação, a importância do método Paulo Freire na EJA, PNE, ENEJA e os desafios do analfabetismo funcional.

 

1.1 Objetivo geral

Nosso objetivo é esclarecer aspectos jurídicos que regularam e regulam a EJA no Brasil conhecendo a história e seu conteúdo das Diretrizes Curriculares Nacionais da EJA e as principais metas  no Plano Nacional de Educação.

1.2 Objetivos específicos

Aprofundar uma pesquisa em diversas fontes sobre a EJA a fim de buscar conhecimento específico baseado na história e na legislação.

1.3 Justificativa

A EJA no Brasil é uma conquista gradativa onde cabe ao Educador agir com equidade, ensinando em cada instituição formal ou informal de acordo com cada pessoa sempre embasado na legislação vigente.  


2 DESENVOLVIMENTO

        

A EJA é uma modalidade da educação básica, reconhecida na LDBEN nº 9.394/96

Da Educação de Jovens e Adultos

Art. 37. A educação de jovens e adultos será destinada àqueles que não tiveram acesso ou continuidade de estudos no ensino fundamental e médio na idade própria.

§ 1º Os sistemas de ensino assegurarão gratuitamente aos jovens e aos adultos, que não puderam efetuar os estudos na idade regular, oportunidades educacionais apropriadas, consideradas as características do alunado, seus interesses, condições de vida e de trabalho, mediante cursos e exames.

§ 2º O Poder Público viabilizará e estimulará o acesso e a permanência do trabalhador na escola, mediante ações integradas e complementares entre si.

Art. 38. Os sistemas de ensino manterão cursos e exames supletivos, que compreenderão a base nacional comum do currículo, habilitando ao prosseguimento de estudos em caráter regular.

§ 1º Os exames a que se refere este artigo realizar-se-ão:

I - no nível de conclusão do ensino fundamental, para os maiores de quinze anos;

II - no nível de conclusão do ensino médio, para os maiores de dezoito anos.

§ 2º Os conhecimentos e habilidades adquiridos pelos educandos por meios informais serão aferidos e reconhecidos mediante exames.

Dando início a pesquisa na qual será falaremos sobre a educação de jovens e adultos, aspectos sociais e legais no Brasil. Devemos compreender a trajetória percorrida ao longo dos anos e como se formou a legislação e suas diretrizes curriculares.

A primeira Constituição Brasileira ( Carta Magna) foi em 1824, logo após a Proclamação da Independência do Brasil, ocorrida em 1822 ainda nesse tempo a população era forçada ao trabalho escravo o que percorreu até 1888 com a abolição dos escravos.

Com o passar do tempo o trabalhador do campo vem para a cidade e entendia se que o trabalhador rural não necessitava ter estudo para executar trabalho braçal e apenas a classe dominante necessitava do conhecimento, por volta da dec de 1940, 50% da população era analfabeta, essa parcela de população passou por formação ensinando apenas a decifrar os códigos da escrita.

Em 1967 com a lei n 5.379 de 1967 foi criado o Mobral, afim de erradicar o analfabetismo em 10 anos, sua proposta era a alfabetização funcional de jovens e adultos, favorecia o poder público, característica do período militar.

Com a lei nº 5.692, aprovada em 1971, ficou inseto o supletivo no ensino regular, ainda nesse tempo a Fundação Educar e o Mobral eram responsável as quatro primeiras series do antigo primeiro grau. Logo após foi estabelecido pela Constituição de 1988 e em seu artigo 205:

“toda e qualquer educação visa o pleno desenvolvimento da pessoa, seu preparo para o exercício da cidadania e sua qualificação para o trabalho”.

Por muito tempo a EJA foi considerada a maneira de ensinar aqueles que não sabia ler e escrever sem levar em conta o conhecimento que cada uma trazia da vida, até que uma equipe de educadores comprometidos com a mudança social dessas pessoas se destaca Paulo Freire com o método utilizando temas geradores, ou seja, ensinar a partir da realidade de cada um, mostrando a necessidade da equidade na prática do educador. A intenção de dar liberdade ao povo, conscientizando, possibilitando compreensão de mundo, vem ao fim durante o período Militar em 1964 essa ideia passa a desaparecer com a repressão do governo, Paulo Freire foi expulso do pais o que não impediu o mesmo de lutar por seus ideais passando a colocar em prática sua proposta no exterior.

...

Baixar como (para membros premium)  txt (12.4 Kb)   pdf (138 Kb)   docx (22 Kb)  
Continuar por mais 6 páginas »
Disponível apenas no TrabalhosGratuitos.com