TrabalhosGratuitos.com - Trabalhos, Monografias, Artigos, Exames, Resumos de livros, Dissertações
Pesquisar

Departamento Psicologia Social, do Trabalho e das Organizações Comportamento Organizacional

Por:   •  23/6/2017  •  Trabalho acadêmico  •  373 Palavras (2 Páginas)  •  198 Visualizações

Página 1 de 2

Universidade de Brasília[pic 1]

Departamento Psicologia Social, do Trabalho e das Organizações

Comportamento Organizacional

FICHAMENTO

Beehr, T. (1998) An Organizational Psychology Metamodel of Occupational Stress. Em Cooper, C. L. (Org.) Theories of Organizational Stress. Manchester: Oxford University Press. 6-27.

Objetivo do artigo:

- O objetivo do capítulo em questão diz respeito

Principais estratégias utilizadas no desenvolvimento do texto:

- Para alcançar o objetivo supracitado, os autores enumeraram oito potenciais desafios a serem enfrentados pelos pesquisadores na área de Psicologia Industrial e Organizacional, promovendo uma série de discussões a respeito dos mesmos a apresentando algumas possíveis formas de se superar tais desafios.

Informações mais importantes apresentadas no texto:

- Existem muitas teorias que visam abarcar estresse ocupacional, envolvendo diferentes tipos de variáveis dependentes e independentes e rotuladas de diferentes formas. Somado a isto, “A linguagem adotada na descrição de variáveis relacionadas ao estresse pode ser confusa pela inconsistência entre profissionais que trabalham na área e a adoção do termo pelo publico em geral (Jex et al, 1992 apud Beehr, 1998, p. 6).

- De acordo com o autor, “estressores são condições ou eventos produtores de estresse no ambiente de trabalho” (Beehr, 1998, p. 6); Tensão “são respostas individuais a cada estímulo estressor considerado prejudicial” (Beehr, 1998, p. 6); e estresse “é termo mais geral referente a em que os estressores e as respostas estão presentes” (Beehr, 1998, p. 6).

- Beehr e Franz (1987) apontaram quatro categorias de abordagens de entendimento e tratamento do estresse ocupacional , a saber: abordagem médica, aconselhamento clínico psicológico, engenharia (planejamento) psicológica e psicologia organizacional.

- Abordagem médica foca mais em estressores no ambiente físico, respostas físicas (fisiológicas ou bioquímicas) e tratamento do individuo diretamente. Já a abordagem de aconselhamento clínico psicológico enfoca mais em estressores no ambiente psicológico de trabalho e nas respostas psicológicas do sujeito (como ansiedade ou depressão), mas ainda tende a trabalha o individuo diretamente. Por sua vez, a abordagem da engenharia (planejamento) psicológica foca nos estressores do ambiente físico de trabalho, investigando mudanças de desempenho no trabalho e tende a provocar mudanças no ambiente físico como formas de tratamento. Por fim, psicologia organizacional trabalha os estressores no ambiente psicológico, ficando nas respostas stain dos empregados, como tratamento, com freqüência propõe mudanças no ambiente organizacional (ocupacional) do empregado, sendo a utilizada pelo autor do capítulo.

...

Baixar como (para membros premium)  txt (2.8 Kb)   pdf (121 Kb)   docx (50.4 Kb)  
Continuar por mais 1 página »
Disponível apenas no TrabalhosGratuitos.com