TrabalhosGratuitos.com - Trabalhos, Monografias, Artigos, Exames, Resumos de livros, Dissertações
Pesquisar

Resenha Visconde partido ao meio

Por:   •  18/10/2017  •  Resenha  •  701 Palavras (3 Páginas)  •  103 Visualizações

Página 1 de 3

DISCIPLINA: Estágio Clinica I

DATA: 05/09/2017

ANO:  2017

SEMESTRE: 8º A

TURMA: manhã

SUPERVISORA: Wilma Magaldi Henriques

ESTAGIÁRIA: Sonia Camara de lima

RGM: 11141101723

                      RESENHA DO LIVRO VISCONDE PARTIDO AO MEIO

                                                ITALO CALVINO                                                                           

 [pic 1]

                                      AMBIGUIDADE HUMANA

Neste livro, Calvino narra a história do Visconde Menardo di Terralba, e a história é contada pelo sobrinho bastardo do Visconde.

Durante uma guerra entre turcos e cristãos, Menardo acaba sendo atingido por uma bala de canhão, muito ferido foi levado pelo seu exército e os médicos conseguiram restaurar apenas metade de seu corpo, meio rosto, meio tórax, um braço, uma perna, ficando o restante amputado.

Partido ao meio, Visconde volta a sua terra onde havia um castelo, ao chegar as pessoas perceberam que seu temperamento estava estranho, diferente do que todos estavam acostumados, mostrando-se maléfico.

Ao longo da história, surgem vários personagens, como o escudeiro Curzio, a babá Sebastiana, até mesmo um médico Dr.Trelawney, que não gostava de ser médico, e ainda uma moça Pamela, que apresenta um papel em destaque do meio ao fim da história.

O visconde passa a agir com crueldade, matando pessoas só para sua diversão e prazer, e tudo que lhe perturba é partido ao meio, animais, flores, arvores etc., pensa somente em si e em como fazer coisas terríveis aos outros.

A grande surpresa aparece quando o visconde Menardo encontra com o restante do seu corpo, o lado esquerdo, que incrivelmente foi encontrado curado. Diferente do seu lado mal, o outro lado do Visconde é bondoso e faz caridades. Agora são duas metades controversas, um rico arrogante e maldoso, e outro pobre, que vive a caminhar pelas ruas, porém fazendo o bem. Que curioso! Um único sujeito e dois lados.

As passadas dos dois Viscondes nas aldeias onde vivem os leprosos e também ao sitio dos Huguenotes, trazem a narrativa, a complexidade dos sentimentos existentes entre os habitantes de Terralba para com o Visconde. Tanto a maldade excessiva do lado direito, quanto a bondade exagerada do lado esquerdo faz com que nenhum dos lados sejam bem-vindos a localidade.

Pamela, uma camponesa, pelo qual as duas metades se apaixonaram, teve dificuldade de tolerar um ou o outro, ao escolher a parte boa viveu junto ao visconde bondoso no bosque junto a seus animais preferidos. O pai de Pamela queria que a moça se casasse com o lado mal, pois ele ameaçava sua família. A camponesa no final aceita o pedido de casamento do mesquinho maldoso, mas na hora do casamento o lado mal chega atrasado e ela se casa com o lado bom. Em um duelo entre as duas partes, os dois lados são atacados em suas cicatrizes, caindo ao chão, o Dr. Trelawney resgatou seus lados e juntou as duas partes, e finalmente o Visconde volta a ser completo e se torna uma só pessoa, e assim se casa com a amada Pamela.

...

Baixar como (para membros premium)  txt (3.3 Kb)   pdf (75.3 Kb)   docx (23.4 Kb)  
Continuar por mais 2 páginas »
Disponível apenas no TrabalhosGratuitos.com