TrabalhosGratuitos.com - Trabalhos, Monografias, Artigos, Exames, Resumos de livros, Dissertações
Pesquisar

A IMPORTÂNCIA DA ASSISTENTE SOCIAL PARA O IDOSO

Por:   •  16/4/2015  •  Projeto de pesquisa  •  2.067 Palavras (9 Páginas)  •  7.134 Visualizações

Página 1 de 9

FACULDADE ADELMAR ROSADO – FAR[pic 1]

CURSO DE ADMINISTRAÇÃO

ELIANE OLIVEIRA REGO

A IMPORTÂNCIA DA ASSISTENTE SOCIAL PARA O IDOSO DE TERESINA-PI

Teresina

2011

ELIANE OLIVEIRA REGO[pic 2]

A IMPORTÂNCIA DA ASSISTENTE SOCIAL PARA O IDOSO DE TERESINA-PI

Projeto de pesquisa apresentado a disciplina de metodologia do trabalho cientifico da Universidade Ademar Rosado - FAR, sob orientação do professor Eumanuel Junior

Teresina

2011

[pic 3]

SUMÁRIO

1         TEMA        4

2         DELIMITAÇÃO DO TEMA        4

3         PROBLEMA        4

4         HIPÓTESE DE ESTUDO        4

5         OBJETIVOS DA PESQUISA        5

5.1         Objetivo Geral        5

5.2         Objetivos Específicos        5

6         JUSTIFICATIVA        6

7         FUNDAMENTAÇÃO TEÓRICA         7

8         PROCEDIMENTOS METODOLÓGICOS         9

9         PROPOSTA DE SUMÁRIO        10

10         CRONOGRAMA DA PESQUISA DE EXECUÇÃO        11

        REFERÊNCIAS         12

1         TEMA

A Importância da Assistente Social para o idoso de Teresina-PI

2         DELIMITAÇÃO DO TEMA

Busca-se através deste trabalho descrever a importância da assistente social para com o idoso, como atuar e desenvolvendo ações que possa manter a dignidade humana e assim possibilitar melhor conforto e assistência à saúde a quem muito já contribui em nosso país.

3         PROBLEMA

Como traçar metas para possibilitar melhor assistência para as pessoas idosas?

4         HIPÓTESE DE ESTUDO

Através da participação assídua a assistente social busca contribui auxiliando na melhoria da qualidade de vida traçando metas para que os mesmos tenham educação informativa sobre seus direitos.

Visa ações que possam possibilitar que os idosos tenham uma atividade física, com pessoas qualificadas para que haja melhoria na sua vida diária.

5         OBJETIVOS DA PESQUISA

5.1         Objetivo Geral

Analisar a formas de como a assistente social possa contribuir para que os idosos tenham uma melhor qualidade de vida em meio social e familiar.

5.2         Objetivos Específicos

  • Identificar quais as ações sociais existentes para que o idoso tenha uma qualidade de vida digna;
  • Descrever as principais causas e conseqüências da violência para com o idoso;
  • Avaliar soluções que possam ser aplicadas de acordo com as leis vigentes em prol do idoso.

6         JUSTIFICATIVA

Com o decorrer deste trabalho busca-se conhecer como é feito o tratamento para com as pessoas idosas nos estabelecimento que tem como finalidade cuidar e tomar conta dessa clientela.

Ainda pretendemos descrever como são utilizados os métodos que possibilitam a melhor qualidade de vida dos idosos.

Pretendemos nos reportar às leis que fundamentam e possibilitam uma vida digna de qualidade para as pessoas dessa faixa etária.

Pois a Constituição Federal (Brasil, 1988), Política Nacional do Idoso (Brasil, 1994) e Política Nacional de Saúde do Idoso (Brasil, 1999) direcionam que a família é a responsável pelo o atendimento às necessidades do idoso, mas, até agora o delineamento de um sistema de apoio às famílias e a definição das responsabilidades das instâncias de cuidados formais e informais, na prática, não aconteceram. O que se percebe é que o sistema de saúde, público ou privado, não está preparado para atender nem a demanda de idosos que cresce a cada dia, nem a de seus familiares (CALDAS, 2003).

Este estudo pretende demonstrar através de pesquisa como e quais os fatores que mais afeta a saúde e quais as atividades que dão maior satisfação a essa população alvo.

7         FUNDAMENTAÇÃO TEÓRICA

Este projeto de pesquisa objetiva fundamentar a realidade do idoso na capital Teresina-PI, onde, buscaremos enfatizar os direitos, as ações e quais as políticas de atendimento a essa população alvo.

Percebe-se que a população idosa a cada ano ela aumenta, pois, segundo o IBGE, em 2006, a esperança de vida do brasileiro ao nascer era de 72,3 anos. Em relação à de 1960 (54,6 anos), esse número aumentou 32,4%. Nesses 46 anos, as mulheres tiveram a maior alta (35,7%), chegando a 76,1 anos, os homens atingiram só (28,9%), alcançando 68,5 anos.

Diante do exposto percebe-se que o nível de vida dos idosos está gradativamente em expansão, com isso surgem a precariedade de saúde. Mais vale ressaltar, quando os mesmos são internados é de suma importância haver a participação familiar.

Segundo Pena e Diogo (2005), a presença de um membro da família no hospital é muito importante, não só para acompanhar o idoso, mas também para ser orientado em seu papel de cuidador leigo.

A lida diária com uma pessoa idosa em especial quando a mesma já apresenta alguma patologia requer muita dedicação e atenção. Caldas (2003) descreve que:

...

Baixar como (para membros premium)  txt (13.6 Kb)   pdf (224.1 Kb)   docx (19.7 Kb)  
Continuar por mais 8 páginas »
Disponível apenas no TrabalhosGratuitos.com