TrabalhosGratuitos.com - Trabalhos, Monografias, Artigos, Exames, Resumos de livros, Dissertações
Pesquisar

AÇÃO DAS VITAMINAS ANTIOXIDANTES NA PREVENÇÃO DO ENVELHECIMENTO CUTÂNEO

Por:   •  4/11/2019  •  Pesquisas Acadêmicas  •  550 Palavras (3 Páginas)  •  7 Visualizações

Página 1 de 3

FACULDADE SANTÍSSIMA TRINDADE

EMERSON DE OLIVEIRA SILVA

ALUNA: Mariane Albuquerque / CURSO- Farmácia 6°P

NOTA:

DISCIPLINA: COSMETOLOGIA

Responda as questões baseado no artigo: AÇÃO DAS VITAMINAS ANTIOXIDANTES NA PREVENÇÃO DO ENVELHECIMENTO CUTÂNEO

1.Quais as principais funções atribuídas à pele relatada no artigo?

As funções são proteção, sensibilidade, termorregulação, absorção, respiração, reserva de lipídeos, produção de vitamina D, cicatrização e função imunitária.

2.O que é envelhecimento cutâneo e quais os fatores podem acelerar seu acontecimento?

O envelhecimento é um conjunto de alterações fisiológicas inevitáveis e irreversíveis. Neste processo, há perda progressiva da capacidade de adaptação do organismo em decorrência do tempo vivido. Fatores responsáveis por acelerar o processo de envelhecimento além dos reflexos da idade fisiológica, o envelhecimento cutâneo é regulado pela genética do indivíduo, alterações hormonais, fatores ambientais, deficiências nutricionais e, principalmente, pela exposição aos efeitos dos raios ultravioletas e de outros ataques físicos, químicos e biológicos.

3.Qual a diferença entre envelhecimento cutâneo intrínseco e extrínseco?

Envelhecimento intrínseco e o envelhecimento extrínseco. O primeiro de natureza genética, tendo como exemplo mudanças hormonais associadas à menopausa. O segundo ocorre por acúmulos de danos ao DNA, causados por exposições excessivas aos raios solares ultravioletas e fatores ambientais como poluição, fumo, consumo excessivo de álcool e estresse

4.Qual o papel dos radicais livres no envelhecimento cutâneo e qual principal estratégia utilizada no combate dessas moléculas?

O papel dos radicais livres são acarretar alterações na estrutura, a origem do envelhecimento é atribuída aos radicais livres, uma vez que existe incapacidade do organismo de eliminar adequadamente a energia produzida pelos mesmos. Os radicais livres causam desequilíbrio entre moléculas oxidantes e antioxidantes, que resulta na indução de danos celulares pelos radicais livres, tem sido chamado de estresse oxidativo. Esse desequilíbrio pode provocar doenças na pele e danos às estruturas nela presentes como lipídeos, proteínas e DNA, causados pela presença de quantidades excessivas de radicais livres.

 

5.Quais são as vitaminas antioxidantes segundo o artigo?

As vitaminas A, C e E são considerados antioxidantes de grande capacidade redutora, sendo assim capazes de sequestrar os radicais livres com grande eficiência.

6.Qual o mecanismo antioxidante da vitamina A? Em quais fontes alimentícias posso encontrar essa vitamina?

A capacidade de desativar o oxigênio singleto e neutralizar radicais peroxil, reduzindo a oxidação no DNA e lipídios, de maneira que está associada a doenças degenerativas, como câncer e doenças cardíacas. O betacaroteno age sobre as células imunocompetentes, aumentando os linfócitos T e as células natural killers. São encontradas na natureza apenas em alimentos de origem animal. Nos alimentos de origem vegetal, são encontradas as provitaminas A ou carotenoides, cujo principal exemplo é o betacaroteno.

...

Baixar como (para membros premium)  txt (4.1 Kb)   pdf (89.2 Kb)   docx (8.6 Kb)  
Continuar por mais 2 páginas »
Disponível apenas no TrabalhosGratuitos.com