TrabalhosGratuitos.com - Trabalhos, Monografias, Artigos, Exames, Resumos de livros, Dissertações
Pesquisar

A Atividade Individual

Por:   •  9/12/2019  •  Trabalho acadêmico  •  2.026 Palavras (9 Páginas)  •  19 Visualizações

Página 1 de 9

[pic 3]

RELATÓRIO DE ANÁLISE FINANCEIRO-ECONÔMICA DAS LOJAS AMERICANAS S.A

Período 2016-2017

10/2019

Elaborado por: Alessandra Alves

Disciplina: Contabilidade Financeira

Turma: PGO_CTFINPOSEAD-36_23092019_1

  1. INTRODUÇÃO
  1. Perfil Organizacional

Fundada no Brasil em 1929, as LOJAS AMERICANAS SA é uma das maiores empresas brasileiras do segmento de varejo. Com sede no Rio de Janeiro, conta com mais de 1320 estabelcimentos de vendas, sendo a quarta meior varejista no Brasil, segundo o ranking do Ibevar de 2018.

No final do ano de 1999, iniciou a venda de mercadorias através da Internet, criando a controlada indireta Americanas.com. Em 2000, a Americanas.com teve seu capital aumentado através da subscrição integral feita pelas empresas Chase Capital Partners, The Flatiron Fund, AIG Capital Partners, Next International, Global Bridge Ventures e Mercosul Internet S/A, que juntas subscreveram por US$ 40 milhão, ações correspondentes a uma participação final de 33% do capital social da Americanas.com.

O ano de 2003 teve como principal característica a aceleração do programa de expansão. Com o objetivo de expandir a rede de lojas, foram inauguradas 13 lojas convencionais, fortalecendo a presença da companhia em mercados importantes das regiões Sudeste e Sul do país. Duas outras lojas foram reformadas para possibilitar um melhor atendimento aos clientes.

Em 2004, deram continuidade ao processo de expansão através da abertura de 35 lojas e da conclusão do novo Centro de distribuição em Barueri, na grande São Paulo, visando suportar numa primeira fase, o crescimento orgânico da companhia, tanto das lojas físicas como da loja virtual.

O ano de 2005 foi um ano de importantes realizações para maximizar o valor de Lojas Americanas: foram inauguradas 37 novas lojas, foi adquirido o canal de TV e site de comércio eletrônico Shoptime e foi realizada uma joint venture com o Banco Itaú, criando a Financeira Americanas Itaú ou Americanas Taií.

Em 2006, dando prosseguimento aos nossos Sonhos para a geração de valor de Lojas Americanas S.A., prosseguiram com a expansão orgânica inaugurando 45 novas lojas e criaram uma nova empresa, a B2W, companhia Global de Varejo, produto da fusão Americanas.com e do Submarino.

Em janeiro de 2007, Lojas Americanas anunciou a aquisição da BWU, empresa detentora da marca Blockbuster Inc. no Brasil e somou mais 127 lojas à sua rede.

  1. Tipos de Lojas

Atualmente as Lojas Americanas operam com quatro modelos de lojas. Por conta disso, o nome "Rede Americanas" é por vezes utilizado para se referir à empresa, sendo o modelo tradicional chamado de "Lojas Americanas" propriamente ditas.

  1. Modelo tradicional

O modelo tradicional das Lojas Americanas possui área média de vendas de 1.500 m² e catálogo de 60 mil itens.

  1. Americanas Express

Lojas compactas, com média de 400 m² de área de vendas e catálogo de 15 mil itens, que variam conforme a loja a fim de atender o perfil do consumidor local. A primeira Americanas Express foi inaugurada em maio de 2003 em Copacabana, no Rio de Janeiro.

  1. Americanas Blockbuster

Modelo de loja criado em 2007, após a compra da Blockbuster do Brasil pelas Lojas Americanas. As lojas possuem em média 400 m² de área de venda, sendo um espaço de 80 a 100 m² dedicado à vídeo-locadora, e o restante ocupado pelo modelo Americanas tradicional ou Americanas Express.

...

Baixar como (para membros premium)  txt (13.4 Kb)   pdf (653.5 Kb)   docx (1.1 Mb)  
Continuar por mais 8 páginas »
Disponível apenas no TrabalhosGratuitos.com