TrabalhosGratuitos.com - Trabalhos, Monografias, Artigos, Exames, Resumos de livros, Dissertações
Pesquisar

PROCESSO CONTÍNUO DE APRENDIZAGEM A PARTIR DO PROGRAMA DE EDUCAÇÃO CONTINUADA EXIGIDO PELO CFC: UM ESTUDO SOBRE O DESENVOLVIMENTO DOS EGRESSOS DO CURSO DE CIÊNCIAS CONTÁBEIS DO CAMPUS IV NO PERÍODO DE 2011 A 2017

Por:   •  2/12/2018  •  Pesquisas Acadêmicas  •  5.199 Palavras (21 Páginas)  •  59 Visualizações

Página 1 de 21

PROCESSO CONTÍNUO DE APRENDIZAGEM A PARTIR DO PROGRAMA DE EDUCAÇÃO CONTINUADA EXIGIDO PELO CFC: UM ESTUDO SOBRE O DESENVOLVIMENTO DOS EGRESSOS DO CURSO DE CIÊNCIAS CONTÁBEIS DO CAMPUS IV NO PERÍODO DE 2011 A 2017

Resumo

O profissional de contabilidade, nos dias atuais, necessita buscar o aperfeiçoamento e a qualificação profissional com a finalidade de prestar serviços qualitativos de modo a atender às necessidades dos seus clientes. Desta forma, este trabalho teve como objetivo geral identificar qual a participação dos egressos do curso de Ciências Contábeis, do Campus IV da UFPB, no programa de Educação Continuada exigido pelo CFC. Como metodologia foi utilizada a pesquisa de campo exploratória e quantitativa, a partir da aplicação de um questionário estruturado com os egressos do Curso de Ciências Contábeis da UFPB, do Campus IV, Litoral Norte. Diante dos resultados, observou-se que nos últimos 6 anos o curso de contabilidade do Litoral Norte tem formado mais mulheres do que homens. Um ponto que pode se destacar é que a maioria escolheu o curso de contabilidade pelo fato de ser oferecido na região em que eles moravam e não por influência de amigos e familiares, contudo as suas perspectivas após a conclusão do curso é a busca por concurso público. Observou-se também que maioria dos egressos afirmaram que tem conhecimento sobre a norma que trata do programa de Educação Continuada do CFC, porém a maior parte não respondeu se participavam com frequência do programa.  

Palavras Chaves: Egressos, Ciências Contábeis, Normatização, Educação Continuada.

1. INTRODUÇÃO

A evolução das sociedades apresenta características que demandam identificação, estudo e compreensão, e o progresso econômico requer profissionais mais qualificados para atuarem nas organizações que estão inseridas em um ambiente de competitividade e que necessitam agregar valor ao longo do tempo (PELEIAS et al, 2007).

Nesse sentido, destaca-se a necessidade da evolução do profissional de contabilidade se aperfeiçoar a medida em que a contabilidade passa a exigir do mesmo, acompanhamento nas mudanças que veio ocorrendo na profissão ao longo dos anos, onde no Brasil, nos anos 50 e 60, os mesmos eram conhecidos como “guarda-livros”, tendo como função o controle das contas através de anotações em livros.

Com o tempo, o indivíduo interessado na profissão pôde optar em fazer o curso superior (científico) ou o curso técnico, pois só o curso técnico não era mais suficiente em decorrência do crescimento, das exigências do mercado e da profissão, da quebra de barreira comercial entre os mundos e do desenvolvimento da ciência. Esses fatores implicaram em mudanças significativas na estrutura curricular do curso de Contabilidade.

Assim, as Instituições de Ensino Superior (IES) foram readaptando seus Planos Pedagógicos de curso com a finalidade de proporcionar o desenvolvimento das competências dos discentes necessárias à atuação desse novo profissional (SILVA; MIRANDA; PEREIRA, 2017, p.262) que deve se apresentar como influente, atuante, participante ativo do processo decisório, analisando situações patrimoniais e auxiliando a maximização do valor em longo prazo às entidades.

Corroborando com um cenário incentivador para o desenvolvimento do conhecimento contábil, o Conselho Federal de Contabilidade (CFC) apresenta a Norma Brasileira de Contabilidade Profissional Geral (NBC PG 12 -R1) que exige dos profissionais da área contábil, principalmente os que trabalham em corporações, o processo contínuo de aprendizagem e qualificação através de cursos, simpósios, seminários, palestras, talkshows e congressos. Para isso, normatiza uma pontuação mínima exigida por ano para esses profissionais (CFC, 2017).

Nesse contexto, o processo de educação se mostra de extrema relevância, pois, quanto mais detentor de informações aplicadas ao conhecimento contábil o profissional for, mais será possível o atendimento as exigências dos clientes do mercado atual. Sendo assim, este estudo buscou responder a seguinte problemática: Qual a participação dos egressos do curso de Ciências Contábeis, do Campus IV da UFPB, no programa de Educação Profissional Continuada exigida pelo CFC?

Visando responder a esta problemática, esta pesquisa teve como objetivo geral identificar qual a participação dos egressos do curso de Ciências Contábeis, do Campus IV da UFPB, no programa de Educação Continuada exigido pelo CFC.

...

Baixar como (para membros premium)  txt (34.6 Kb)   pdf (409.4 Kb)   docx (101.8 Kb)  
Continuar por mais 20 páginas »
Disponível apenas no TrabalhosGratuitos.com