TrabalhosGratuitos.com - Trabalhos, Monografias, Artigos, Exames, Resumos de livros, Dissertações
Pesquisar

Resenha do Filme: Escritores da Liberdade

Por:   •  2/10/2018  •  Resenha  •  936 Palavras (4 Páginas)  •  67 Visualizações

Página 1 de 4

O filme escritores da liberdade se baseia em fatos reais, ele conta a historia de “Erin Gruwell” uma professora que é interpretada pela atriz Hillary Swank. A história acontece por volta de 1992, e tem como cenário a cidade de Los Angeles que tem suas periferias em guerra por brigas entre gangues. Erin é sonhadora e assume o cargo e professora cheia de expectativas, que logo são quebradas quando ela percebe que seus alunos não a vêm como alguém que possui um cargo de autoridade em sala e a ignoram completamente.

Ela tenta conquistar a atenção dos alunos porem suas tentativas sempre falham, então ela decide expor o caso a diretoria da escola, que trata o caso com descaso, já que para eles “isso já é de se esperar da turma”, e Erin não poderia mudar isso, os bons alunos estavam em uma sala especial, e os alunos dela, nos olhos da diretora, não tinham futuro e nem jeito para mudar. Até seu pai que é sua maior inspiração para ser professora, já que ele lutou pelos direitos civis, a crítica e diz que ela esta perdendo seu tempo com jovens delinquentes.

Ao ouvir isso, Erin se choca com a posição da escola e decide fazer diferente, apesar das dificuldades que ela passa na tentativa de dar aula, ela não desiste, ela se motiva, pois quer mostrar que pode fazer diferente, e que seus alunos são muito mais do que se pensam sobre eles. A princípio ela passa por diversas dificuldades, pois o contexto escolar não a ajuda em nada, pelo contrario só dificulta sua atuação. Erin começa a pensar em meios para chamar a atenção dos alunos, assuntos com que eles se identifiquem, e que através disso tomem gosto pela escola.

Logo ela começa a fazer varias tentativas de aproximação com os alunos, levando músicas que eles escutam, mas não é bem vista no inicio; os alunos a questionam sobre “quem ela pensa que é... o que ela sabe sobre gangues e sobre as mortes provocadas por gangues...” os alunos falam que ela é so uma mulher branca que pensa que pode se meter na vida deles, porem não pode, e que ela não sabe de nada, só pensa que sabe. Impactada com a reação dos alunos, ela responde com uma pergunta, uma reflexão, pergunta a eles se já que eles sabem de tantas coisas e de tanto mal causado por essas gangues, porquê eles acham que vale fazer parte delas? E perguntam como eles imaginam que serão lembrados, se serão lembrados por suas atitudes de bons feitos em viva, ou apenas como mais um que foi preso ou morreu e meio dessas guerras de gangues.

De alguma forma a pergunta feita por ela causa impacto em seus alunos também, nesse momento algo começa a mudar na relação entre eles. Aos poucos eles vão baixando a guarda e deixam Erin se aproximar, eles baixam a guarda não só com ela, mas entre si mesmos. Depois de uma maior aproximação ela cria um projeto, baseado no diário de Anne Frank, que eles realizaram a leitura, a ideia é diário em que os alunos podem relatar acontecimentos de suas vidas, poemas e tudo mais o que quiserem, eles podem a deixar ler ou não, mas todos devem escrever diariamente. No final todos a deixam ler e até compartilham oque escreveram em voz alta na sala, esse projeto da nome ao titulo do filme, escritores da liberdade.

A partir disso Erin começa a conhecer a historia de cada um de seus alunos, e nasce uma linda amizade entre eles. Suas aulas são repletas não só de conteúdo, mas de algo muito maior que perpassa a todos ali. Eles começam a enxergar a escola como um local acolhedor, onde eles podem expressar suas angustias, medos, violências vividas assim como suas alegrias.

Essa nova maneira de ensinar de Erin se mostra extremamente construtiva, as suas aulas são repletas de reflexões, de um olhar amplo para os alunos, vendo todas as suas qualidades que para a diretoria da escola, nem existia. Ela resgata a autoconfiança e ensina o respeito mútuo entre seus alunos e ganha a admiração e o carinho de todos. Através disso os alunos começam a se ver em um mundo repleto de possibilidades aonde suas oportunidades vão viram através da violência, que compõe a realidade de muitos, e sim através do conhecimento, que a marca que eles deixarão no mundo serão aquilo que eles produzem através desse conhecimento.

...

Baixar como (para membros premium)  txt (5.3 Kb)   pdf (80 Kb)   docx (12.3 Kb)  
Continuar por mais 3 páginas »
Disponível apenas no TrabalhosGratuitos.com