TrabalhosGratuitos.com - Trabalhos, Monografias, Artigos, Exames, Resumos de livros, Dissertações
Pesquisar

Trabalho da Disciplina Gerenciamento de Riscos

Por:   •  5/11/2019  •  Resenha  •  823 Palavras (4 Páginas)  •  20 Visualizações

Página 1 de 4

[pic 2]

UNIVERSIDADE ESTÁCIO DE SÁ

PÓS GRADUAÇÃO EM ENGENHARIA DE SEGURANÇA DO TRABALHO

Resenha Crítica de Caso

Rafaela Oliveira da Costa

Trabalho da disciplina Gerenciamento de Riscos

                                                          Tutor: Prof. Marcio Jorge Gomes Vicente

Joinville/SC

2019

GERENCIAMENTO DE RISCOS DE ACIDENTES EM UMA EMPRESA DA CONSTRUÇÃO CIVIL

Referência:

POSCHEN, Peter. O meio ambiente na construção civil – uma perspectiva internacional. FUNDACENTRO, Abr. 2016. Disponível em:  http://www.fundacentro.gov.br/Arquivos/sis/EventoPortal/AnexoPalestraEvento/OIT%20Fundacentro%20abril%202016%20meio%20ambiente%20na%20constru%C3%A7%C3%A3o%20civilPETERx.pdf>. Acesso em: 01 de novembro de 2019.

SILVA  EMERSON  CLÁUDIO,  OLIVEIRA  UALISON  REBULA.  Gerenciamento de riscos de acidentes em uma   empresa de construção civil.  XI congresso nacional de excelência em gestão, Harvard Business School, agosto de 2015. Disponível em:  . Acesso em: 01 de novembro de 2019.

O presente artigo tem como propósito avaliar os acidentes ocorridos entre os anos de 2011 e 2014 em uma empresa de construção e montagem eletromecânica, no interior do Rio de Janeiro. O objetivo principal do estudo é mapear os acidentes com e sem afastamentos, desconsiderando os acidentes de trajetos e identificar as atividades e subsetores com maior criticidade. Foram utilizadas ferramentas de gerenciamento de riscos para mapear as atividades mais perigosas e ajustar o processo de trabalho com o intuito de prevenir e reduzir o número de acidentes.

De acordo com Zocchio (2001), acidentes são todas as ocorrências indesejáveis, que interrompem o trabalho e causam, ou tem potencial para causar ferimentos em alguém ou algum tipo de perda à empresa ou ambos ao mesmo tempo.

Conforme a Organização Internacional do Trabalho (OIT), houve uma redução de 4,3% no número de acidentes em 2014 comparativamente ao ano de 2013. No entanto, o setor ainda é considerado um dos mais perigosos, sendo 1 a cada 6 acidentes mortais (FUNDACENTRO, 2016).

No decorrer da pesquisa, foram registrados cerca de 115 acidentes sem afastamentos e 12 com afastamentos destes, 1 com grave consequência.

O mapeamento do processo para identificar as possíveis falhas, foi realizado através da ferramenta FMEA.

De acordo com Sharma et al (2005), FMEA (Failure Mode and Effects Analysis) é uma abordagem das possíveis falhas de um processo, elencadas de baixo para cima, onde são investigados o efeito sobre a próxima tarefa. Por isso, numa análise FMEA, pode se avaliar todos os níveis de uma hierarquia.

De forma simplificada, as etapas para realização de um FMEA consistem em, identificar as tarefas de um processo, listar os modos de falha dessas tarefas, considerar como os modos de falha podem afetar os desempenho dessas tarefas, estimar através de pontos a probabilidade de falha da ocorrência, o nível de risco de cada falha e a identificação dos controles existentes. Com essa pontuação é calculado o número de prioridade do risco (RPN) e assim, sugerido as recomendações preventivas, iniciando pelo maior RPN. No artigo em questão, os modos de falhas não foram enumerados, considerando que nesse caso, as falhas são os acidentes identificados. Por isso, considerou-se apenas as causas básicas que gerou o acidente.

...

Baixar como (para membros premium)  txt (5.5 Kb)   pdf (160.4 Kb)   docx (45.2 Kb)  
Continuar por mais 3 páginas »
Disponível apenas no TrabalhosGratuitos.com