TrabalhosGratuitos.com - Trabalhos, Monografias, Artigos, Exames, Resumos de livros, Dissertações
Pesquisar

A Leitura e a Escrita no processo da aprendizagem

Por:   •  24/4/2015  •  Projeto de pesquisa  •  4.459 Palavras (18 Páginas)  •  154 Visualizações

Página 1 de 18

PONTIFÍCIA UNIVERSIDADE CATÓLICA RS

FACED – PEDAGOGIA EDUCAÇÃO INFANTIL

Vanda Roza de  Oliveira

FRACASSO

E

EVASÃO ESCOLAR

Porto Alegre

 2009

PONTIFÍCIA UNIVERSIDADE CATÓLICA RS[pic 1]

FACED – PEDAGOGIA EDUCAÇÃO INFANTIL

 Vanda Roza de  Oliveira

A Leitura e a Escrita no processo da aprendizagem

Orientadora:  Gilze Arbo

Porto Alegre

2009

SUMÁRIO[pic 2]

Metodologia

4

Apresentação

5

1. DELIMITAÇÃO DO ESTUDO

7

1.1. Tema

7

2. FRACASSO E EVASÃO ESCOLAR

8

2.1.O que é fracasso e evasão escolar

8

2.2. Exclusão escolar

9

2.3. Políticas públicas

10

2.4. A construção das potencialidades do aluno repetente

11

3. SUPERANDO O FRACASSO ESCOLAR

13

4. PROBLEMAS

14

4.1. Fracasso escolar

14

4.2. Os sujeitos

14

4.3. Explicações a partir de fatores internos e  externos a escola

15

5. PATOLOGIZAÇÃO

16

5.1. Aspectos históricos da patologização

16

6. ABORDAGEM BIOLOGICISTA

18

6.1. Fracasso escolar relacionado à disfunção biológica

18

6.2. A perspectiva do fracasso escolar e a desnutrição

18

7. DIFERENÇA OU DEFICIÊNCIA

20

7.1. As causas sociais das patologias

20

7.2. O passado e o presente

20

8. CONSIDERAÇÕES FINAIS

22

REFERÊNCIAS

24

ANEXO

25

SUGESTÕES

27

[pic 3][pic 4][pic 5][pic 6]

Metodologia

A pesquisa aqui apresentada tem como característica ser teórica, bibliográfica e exploratória.

O tema pretende relacionar as questões da escrita e da leitura como fatores que determinam o fracasso e como a escola estão preparada para resolver a questão da evasão escolar.

É recorrente na história brasileira as questões que interferem na dificuldade de aprendizagem escolar,  desde muito cedo, na educação infantil ainda a criança começa a mostrar defasagem de aprendizagem através do seu rendimento escolar.

Relacionar essa temática a nossa intervenção na sala de aula desafia e a aprofunda a compreensão desses importantes aspectos que permeiam o fracasso escolar.

Considerando todos esses aspectos acima descritos, devemos pensar como a criança constrói ou destrói a sua auto-estima diante da sua dificuldade de aprendizagem e como a metodologia de pesquisa pode ajudar a dar a resposta para esse processo.

O método utilizado nessa pesquisa de uma maneira geral pretende servir como instrumento de trabalho no cotidiano escolar, na perspectiva de prevenir os problemas decorrentes do baixo rendimento  em sala de aula, sobretudo das camadas mais populares da sociedade.

O índice alarmante do afastamento da criança da escola deveria, mobilizar as instancias que compõe o processo da alfabetização escolar.

E serem propositores de um novo paradigma das práticas pedagógicas na escola.

Apresentação

Este trabalho visa contribuir na pesquisa do fracasso escolar através da compreensão da leitura e da escrita e como o sistema de ensino está preparado para atender os alunos que fracassam na sua aprendizagem escolar.

Recorremos novamente às causas históricas do fracasso na escola, onde a maioria das famílias acumula tantas deficiências, como poderia uma família levar uma criança a ter sucesso diante de tantos insucessos, (Bernard Lahire,1995, p. 11)

Como  os métodos de pesquisa podem contribuir para romper com os velhos paradigmas enraizados no contexto sócio econômico refletido na pobreza e na desigualdade.

A escola é um universo de cultura escrita, onde o sujeito deveria ser estimulado nas suas potencialidades.

Pensar e repensar o fazer pedagógico, possibilita  a abertura de espaço para a reflexão, e encontrar as razões que fazem nossas crianças  deixarem a sala de aula.

  A educação deveria servir como instrumento de mudança da nossa prática educativa.

Portanto, desenvolver uma consciência crítica diante da realidade, possibilita ao aluno uma atuação de protagonimo dentro da suas potencialidades, buscando com isso a transformação social, do aluno, com reflexos na sociedade como um todo.

A prática da pedagogia libertadora, teimosa sobrevivente da rejeição oficial e do combate repressivo que atingiu inúmeros dos seus agentes, entre os quais o próprio Paulo Freire, vítima de preconceito, prisão e exílio, sustentada pela poder da mídia e a mercantilizarão da educação, formam uma configuração cultural avessa à reflexão, à consciência crítica, à teorização e à análise.

...

Baixar como (para membros premium)  txt (32.7 Kb)   pdf (221.3 Kb)   docx (971.1 Kb)  
Continuar por mais 17 páginas »
Disponível apenas no TrabalhosGratuitos.com