TrabalhosGratuitos.com - Trabalhos, Monografias, Artigos, Exames, Resumos de livros, Dissertações
Pesquisar

Prática de Ensino nos Anos Iniciais do Ensino Fundamental

Por:   •  3/6/2019  •  Trabalho acadêmico  •  687 Palavras (3 Páginas)  •  55 Visualizações

Página 1 de 3

Prática de Ensino nos Anos Iniciais do Ensino Fundamental

Alun@: Silvania Lima Barbosa

RGM: 17750307

Polo: Universidade Estácio

Tutor: Anderson Barros

Ensino de Matemática com auxílio da tecnologia é desafiador?

Vive-se um momento em que a sociedade passa por profundas mudanças, em todos seus segmentos. No mercado de trabalho é exigido cada vez mais que as pessoas saibam ler e entender informações técnicas e que sejam, computacionalmente alfabetizadas. O problema para a educação não seria só fornecer acesso às novas tecnologias, mas como aprender a selecioná-las, interpretá-las, classificá-las e usá-las.

Mas temos que ressaltar um ponto que é extremamente importante, que toda a tecnologia que hoje temos ao nosso favor, não adianta nada se não houver o professor, cabe a ele ter a compreensão sobre a utilização das novas tecnologias, visando dinamizar o ensino/ aprendizagem de seus alunos. Diante de tudo isto, procurou-se desenvolver uma experiência nova para um conteúdo específico da matemática, aprofundando seu estudo através da  informatização e interação com o aluno em aulas dinamizadas, buscando o desenvolvimento das práticas educacionais escolares em concordância com tecnologias atuais.

Tecnologia não é só computador, hoje as escolas usam a calculadora, um recurso que não era indicado pelo Ministério da Educação antes da criação dos Parâmetros Curriculares Nacionais de 1998, mas muitos educadores tem resistência a esse recurso na aprendizagem das crianças, há um certo temor de substituir a capacidade humana de calcular, mas segundo a professora Célia Carolino Pires da PUC de São Paulo, a calculadora é muito importante para o educador ajudar as crianças a levantar hipóteses sobre escritas numéricas e aprender usa-la em suas potencialidades, não apenas com as funções mais elementares, mas usar como um recurso que hoje é tão importante nas profissões e em suas vidas.

Em uma aula que presenciei o professor fez uso da calculadora em aula, as crianças fizeram o calculo mental e no papel, eles tiveram uma antecipação e depois fizeram o uso da calculadora, em seguida o professor pode desafiar as crianças em vários cálculos onde as crianças tiveram que raciocinar, com isso ele trabalhou a soma, multiplicação, adição e subtração. Uma alternativa que também tem um retorno muito positivo são os jogos eles ajudam muito no ensino da matemática, todas as vezes que eles trabalham de uma forma lúdica, o rendimento deles são muito melhor, dessa forma eles aprendem brincando.

Outra forma que foge das aulas tradicionais de matemática são os jogos, essa aula vem compor uma roupagem diferente em sala de aula tem lousas digitais, projetores e notebooks para encarar desafios matemáticos por meio de jogos online, para quem não gosta da disciplina os jogos tem ajudado a quebrar a resistência e estimular o extinto de competição, o que leva esses alunos a terem mais entusiasmo no estudo da matemática.

Através da competição os alunos para terem êxitos e uma boa colocação tem que apreender a matemática, a cada desafio a criança aprende a matemática de uma forma lúdica aliada aos meios tecnológicos visam complementar o ensino tradicional da matemática, dessa forma quebra aquela cara chata que a matemática tem, sem contar que o professor faz com que eles criem conceitos a partir das vivencia em sala de aula, desafiando os alunos a irem além do que é proposto, com isso os alunos são motivados a gostarem da matemática.

...

Baixar como (para membros premium)  txt (4.4 Kb)   pdf (104.1 Kb)   docx (9.1 Kb)  
Continuar por mais 2 páginas »
Disponível apenas no TrabalhosGratuitos.com