TrabalhosGratuitos.com - Trabalhos, Monografias, Artigos, Exames, Resumos de livros, Dissertações
Pesquisar

Resenha do Filme Gattaca, uma Experiência Genética

Por:   •  12/12/2016  •  Resenha  •  1.595 Palavras (7 Páginas)  •  389 Visualizações

Página 1 de 7

CENTRO UNIVERSITÁRIO DO ESTADO DO PARÁ – CESUPA

INSTITUTO DE CIÊNCIAS JURÍDICAS – ICJ

EDILSON EVERTON PINTO VIANA

HERYELTON RÊGO PAULA

JULIANA EIRÓ

KAROLINE DA ROCHA PEREIRA

MARCELO MAIA MARQUES FIGUEIREDO

PAULA SANDRINI

RAFAEL MAMEDE DE AVIZ NOGUEIRA

BIOÉTICA E BIODIREITO:

GATTACA, A EXPERIÊNCIA GENÉTICA (1997, DIREÇÃO DE ANDREW NICCOL)

 

   

Trabalho como requisito parcial de avaliação da disciplina Bioética e Biodireito, ministrado pelo professor Msc. Adilon Passarinho Koury. Turma DI2NB, noturno.

Belém-PA

2015

GATTACA, a experiência genética (1997, Direção de Andrew NIccol)

O filme se passa em um futuro distópico em que os seres humanos são valorizados pelo seu material genético, uma vez que a técnica biomédica chegou a um patamar de permitir a manipulação dos genes dos genitores na melhor combinação para a geração de um filho. Dessa forma, pessoas que não são projetadas conforme os padrões valorados pela genética, são considerados cidadãos de segunda categoria. Nesse cenário se observa a tentativa desesperada de um cidadão originado de uma relação natural entre os seus pais em busca de sua valorização social em atividade de importância à qual jamais seria designada. Com base no filme indicado e nos assuntos estudados na disciplina Bioética e Biodireito, responda às questões a seguir.

  1. Vivemos em uma sociedade em que o princípio de que todos os seres humanos são iguais se faz presente com a defesa do princípio da dignidade humana. No futuro distópico representado no filme, esse princípio de igualdade humana é desconsiderado diante da análise do material genético de cada indivíduo, determinando assim sua posição social e de ocupação. Comente essa condição de evidente eugenia comparando sob o fulcro dos modelos de discussão descritivos e personalistas da bioética.
  1. A mesma tecnologia biomédica que permite o controle genético da população também permite, de forma não autorizada, a manipulação de condições físicas de modo a permitir uma espécie de falsidade ideológica genética (simular as condições físicas para se passar por outra pessoa, com outra carga genética). Comente a dualidade da ciência que, com um novo conhecimento, permite encontrar ferramentas e respostas a problemas existentes e serve como mote para o surgimento de novos problemas. Considere, na resposta, os problemas bioéticos advindos desse desenvolvimento tecnológico.

Tudo que existe no enorme universo em que vivemos contém aspectos positivos e negativos, ou seja, possui dualidade em suas funções. Logo, com a ciência, não é diferente. Com ela surgem meios de melhorar a saúde e de obter maior comodidade no nosso dia a dia, surgem também meios de comunicação avançadas, facilidades, tecnologia, segurança, entre outras coisas que surgiram e ainda surgirão que são e serão capazes de melhorar muito a qualidade de vida da população. Esses são considerados pontos positivos da ciência, pois possuem aplicações úteis para usufruímos.

Porém, com tanta capacidade e com evolução rápida, a ciência trás, junto aos seus benefícios, aspectos muito negativos, que vão desde a exclusão daqueles que não tem condições de usufruir de seus benefícios até destruição de grande parte da população, como é o caso do momento em que o mundo está em guerra, que a ciência trabalha em armamento, armas bioquímicas (causadora de muitas doenças de origem não natural), entre outras coisas que geram destruição maciça. Além disso, existem malefícios imediatos e diários, como a poluição.  Exemplo disso, é a energia nuclear que surge com ela a bomba nuclear que causa destruição e o lixo nuclear, gera poluição. E há ainda acontecimentos gerados pela negatividade, como a criação de vírus e bactérias, que pode gerar graves epidemias, cuja cura apenas se cria após certos indícios de propagação e morte causada pela mesma.

Com tantos pontos bons e ruins, é necessário que haja uma certa e importante proteção da dignidade humana, para que essa não seja perdida ou ferida em meio a tamanha evolução e possibilidades gerada pela ciência, essa é a parte que cuida a bioetica. Quando se fala, por exemplo, em controle biomédico, surgem vários dilemas éticos, com a capacidade de predizer mal-formações, a suscetibilidade às doenças, prever longevidade, surgem implicações políticas de austeridade profissionais e afetivas. Além de exclusão de pessoas que, não tem genes "bons o suficiente", problemas também gerado pela medicina perfectiva, que tem como objetivo de melhorar a raça.  

...

Baixar como (para membros premium)  txt (10.5 Kb)   pdf (154.1 Kb)   docx (14.1 Kb)  
Continuar por mais 6 páginas »
Disponível apenas no TrabalhosGratuitos.com