TrabalhosGratuitos.com - Trabalhos, Monografias, Artigos, Exames, Resumos de livros, Dissertações
Pesquisar

Prática de Leitura e Escrita

Por:   •  11/9/2019  •  Exam  •  380 Palavras (2 Páginas)  •  9 Visualizações

Página 1 de 2

Coesão

Amarração entre palavras e ideias em um texto é o que garante sua unidade de sentido, é o que é chamado de coesão.

A coesão textual consiste, portanto, no estabelecimento de “links” entre palavras, frases, orações, períodos, segmentos maiores e demais elementos que compõem um texto, de modo a viabilizar a construção do sentido.

A coesão é um fator que se manifesta na superfície textual, configurando-se numa rede de conexões entre os componentes do texto.

No caso de um manual, todos os elementos coesivos se manifestam explicitamente através de marcas linguísticas (palavras e expressões).

Não obstante, há casos em que a coesão é estabelecida por elementos extralinguísticos, como no caso de história em quadrinhos, das tabelas de preços, das equações.

Mecanismos de coesão

1. Coesão Referencial

1.1 Retomada ou antecipação por palavra gramatical (pronomes, verbos, numerais, advérbios)

Permite-nos avançar ou retroceder na leitura de um texto sem que nos percamos. Com ele, é possível antecipar algo que ainda será dito ou saber a qual elemento já citado uma nova informação se refere. Além disso, esse mecanismo nos ajuda a evitar repetições desnecessárias, uma vez que possibilita a substituição de um vocábulo por pronome, por um advérbio.

1.2 Retomada por palavra lexical (substantivos, verbos, adjetivos)

Esse mecanismo coesivo consiste em retomar uma palavra, substituindo-a por um termo de sentido equivalente (sinônimo) ou por outra palavra ou expressão que se associa a ela (hipônimo, hiperônimo ou antonomásia).

2. Coesão sequencial

Esse mecanismo coesivo é composto por elementos que dão fluidez ao discurso, permitindo a concatenação de ideias e a criação de relações de sentido entre os segmentos do discurso. Os operadores discursivos que compõem esse mecanismo não são vazios de sentido, por isso não podem ser substituídos uns pelos outros aleatoriamente.

Em síntese, esses elos coesivos podem indicar:

-oposição (mas, porém, contudo, entretanto);

-finalidade (para tanto, para que, a fim de);

-adição (e, mais, além disso, ademais);

-concessão (mesmo que, mesmo assim, embora);

-causa e consequência (em virtude disso, por causa de, por isso, portanto);

-condição (se, caso, contanto que, a não ser que);

-conclusão (afinal,

...

Baixar como (para membros premium)  txt (2.7 Kb)   pdf (29.1 Kb)   docx (8.1 Kb)  
Continuar por mais 1 página »
Disponível apenas no TrabalhosGratuitos.com