TrabalhosGratuitos.com - Trabalhos, Monografias, Artigos, Exames, Resumos de livros, Dissertações
Pesquisar

DESAFIO DO AUTISTA NA ESCOLA E PRÁTICAS DOCENTES

Por:   •  2/10/2018  •  Projeto de pesquisa  •  2.377 Palavras (10 Páginas)  •  89 Visualizações

Página 1 de 10

         [pic 1][pic 2]

RENATO MIRANDA MEDEIROS

DESAFIO DO AUTISTA NA ESCOLA E PRÁTICAS DOCENTES

Guarapari

201

RENATO MIRANDA MEDEIROS

O DESAFIO DO AUTISTA EM SALA DE AULA E PRÁTICAS DOCENTES

Projeto apresentado ao curso de pedagogia da instituição Pitágoras.

Orientador: Daniella Bertocchi Moreira

                                                                       

Guarapari

2018

SUMÁRIO

1 INTRODUÇÃO        4

1.1 PROBLEMAS DE PESQUISA        5

2 OBJETIVOS        5

2.1 OBJETIVO GERAL OU PRIMÁRIO        5

2.2 OBJETIVOS ESPECÍFICOS OU SECUNDÁRIOS        5

3 JUSTIFICATIVA        6

4 FUNDAMENTAÇÃO TEÓRICA        6

5 METODOLOGIA        9

6 CRONOGRAMA DE DESENVOLVIMENTO        10

REFERÊNCIAS        11

1 INTRODUÇÃO

O trabalho a seguir aborda questões referentes ao autismo procurando oferecer e demonstrar práticas pedagógicas de inclusão a este público visando um processo de ensino aprendizagem eficazes e eficientes por meio da capacitação dos professores e orientadores do tema aqui proposto.

Para Silva; Gaiato; Reveles (2012, p. 04):

O autismo é um transtorno global do desenvolvimento infantil que se manifesta antes dos 3 anos de idade e se prolonga por toda a vida. Segundo a Organização das Nações Unidas (ONU), cerca de 70 milhões de pessoas no mundo são acometidas pelo transtorno, sendo que, em crianças, é mais comum que o câncer, a Aids e o diabetes. Caracteriza-se por um conjunto de sintomas que afeta as áreas da socialização, comunicação e do comportamento, e, dentre elas, a mais comprometida é a interação social. No entanto, isso não significa dizer, em absoluto, que a pessoa com autismo não consiga e nem possa desempenhar seu papel social de forma bastante satisfatória. Ao contrário, pretendemos, neste livro, não só esclarecer algumas dúvidas como também romper a visão obtusa e estigmatizada que a nossa sociedade ainda tem acerca desse mundo singular.

Dessa forma é necessário citar a questão fragilidade da equipe de orientadores para lidar com a questão do autista em classe priorizando o professor que lida diretamente com este aluno. Tendo em vista que o orientador precisa ser capacitado para interferir de forma positiva no desempenho acadêmico do aluno autista com práticas pedagógicas que auxiliem, e estimulem o processo de ensino e aprendizagem.

 

Assim essa politica publica é de extrema importância por buscar inserir o aluno autista no âmbito escolar tendo como proposta a capacitação dos profissionais da educação no que diz respeito a apresentar práticas pedagógicas de inclusão deste aluno em sala de aula.

 

Portanto o papel dos profissionais de educação em sala de aula é oferecer e proporcionar atividades pedagógicas que favoreçam o processo de ensino aprendizagem de qualidade para o aluno autista proporcionando assim a inclusão dentro do ambiente escolar. Sendo desta forma utilizado os artigos e livros  publicados de 2000 a 2015, onde foi identificado 10 artigos 04 livros e após leitura criteriosa, selecionado 07 trabalhos e 03 livros . Sendo assim foram adicionados os trechos necessários que correspondiam aos elementos de interesse e que referia aos atributos críticos e essenciais da pesquisa.  As bases consultadas foram scielo, ministério da educaça, entre outros com as seguintes palavras – chave: autismo; processo ensino aprendizagem; capacitação.

   1.1 PROBLEMAS DE PESQUISA

Qual a importância da prática docente  dentro do contexto escolar com o aluno autista?

  2 OBJETIVO GERAL

Capacitar os profissionais de educação quanto às práticas pedagógicas a serem utilizadas com o aluno autista.

2.2 ESPECÍFICOS

  • Identificar os problemas dos alunos autista em sala de aula;
  • Avaliar quais atividades pedagógicas podem inlfuenciar no processo ensino aprendizagem do aluno autista;                                                                                                                                                                                                                                                                                                            
  • Enfatizar a importância da educação permanente dos profissionais de educação para uma prática pedagógica efetiva com o aluno autista;

  3.  JUSTIFICATIVA

O trabalho é considerado essencial por ser um assunto que precisa ser reavaliado no âmbito escolar visando um processo de ensino aprendizagem e inclusivo para o aluno autista em sala de aula. Levando em conta o que preocniza a lei 12.764/12 artigo 3º referente ao autista devendo ser implantado dentro do sistema escolar. Buscar também a educação permanente dos profissionais que atuam no ambiente escolar visando uma educação inclusiva e um processo de ensino aprendizagem de qualidade para o aluno autista. Este estudo justifica-se, portanto por que irá auxiliar aos futuros pedagogos e professores com o assunto acima referido e também aperfeiçoar os profissionais que já lidam com esses alunos autistas em sala de aula.

...

Baixar como (para membros premium)  txt (14.6 Kb)   pdf (128.6 Kb)   docx (219.2 Kb)  
Continuar por mais 9 páginas »
Disponível apenas no TrabalhosGratuitos.com