TrabalhosGratuitos.com - Trabalhos, Monografias, Artigos, Exames, Resumos de livros, Dissertações
Pesquisar

RESENHA CRÍTICA FILME: TEMPOS MODERNOS

Por:   •  8/5/2015  •  Trabalho acadêmico  •  1.909 Palavras (8 Páginas)  •  356 Visualizações

Página 1 de 8

[pic 1]

Acadêmico:

Elias Pires do Nascimento

Sala: 01

Disciplina: Comunicação e Expressão

Professor: Rogerio Neves

A LINGUAGEM NÃO VERBAL

RESENHA CRÍTICA - FILME TEMPOS MODERNOS

Atividade complementar entregue como requisito parcial de avaliação da disciplina de Comunicação e expressão do curso superior de administração da universidade paulista 1º semestre 2015.

        

Palmas – TO

2015

A LINGUAGEM NÃO VERBAL

INTRODUÇÃO

Este trabalho apresenta uma análise sobre a linguagem não verbal. O que ela é, como está presente no nosso dia a dia. Levando em consideração sua importância, como funciona e como contribui para a compreensão da linguagem oral, analisando o filme Tempos Modernos de Charlie Chaplin. A linguagem não verbal é um complemento da linguagem oral.

Em muitos casos a linguagem do corpo não corresponde ao que está sendo dito por uma pessoa. Quando contamos uma mentira, por exemplo, o nosso corpo não tem a mesma capacidade de mentir que a nossa voz, pois não conseguimos manipular as reações corporais como conseguimos fazer com a linguagem oral.

No decorrer dos anos, a linguagem não verbal ganhou mais força no ambiente corporativo, e é a partir dela que muitas vezes, uma empresa percebe detalhes sobre a personalidade de uma pessoa e problema da mesma em questão de produtividade.

 

DESENVOLVIMENTO

A Percepção da Linguagem Não Verbal no Nosso Dia a Dia

No nosso dia a dia, às vezes nos encontramos em certas situações que duvidamos das palavras de algumas pessoas. Percebemos que existe um certo nervosismo, já que a pessoa apresenta uma leve gagueira, mãos inquietas e aparentemente suadas. “Tudo aquilo que não é dito pela palavra pode ser encontrado no tom de voz, na expressão do rosto, na forma do gesto ou na atitude do indivíduo". (GAIARSA, 1995). Uma pessoa pode falar uma coisa, porém mostrar outra completamente diferente com o corpo. Os gestos, ainda que inconscientes, expressam uma variedade de sensações e pensamentos. A língua por sua vez é apenas a metade da comunicação, a outra parte corresponde à expressão corporal. A linguagem não verbal é tão importante, que mesmo em culturas, países e idiomas diferentes conseguimos entender o que a pessoa tenta dizer, o que ela expressa.

Ao assistir a um filme em uma língua que desconhece, o telespectador, mesmo nessas condições, é capaz de perceber as emoções representadas pelos personagens. A Maior prova da força da mensagem da linguagem não-verbal foi o cinema mudo, através de seu grande astro Charles Chaplin. O Filme “Tempos Modernos” transmite com nitidez a mensagem da rotina do trabalho, da insatisfação, da mudança dos tempos para um tempo mais voltado à automação. Consegue-se, ao passar por outra pessoa na rua, mesmo que em outro país, perceber se há felicidade ou mesmo satisfação momentânea naquele indivíduo. O olhar, a expressão do rosto e o modo de caminhar transmitirão o estado da pessoa. (SCHELLES, 2008, p.05).

Bom humor sempre será bom humor, timidez sempre será timidez, felicidade sempre será felicidade, entre vários outros exemplos. Mas para compreender o sorriso de uma pessoa, por exemplo, precisamos interpretar a expressão do rosto juntamente com as expressões do corpo, pois um sorriso não precisa necessariamente vir dos lábios, os olhos e o corpo também podem sorrir. Além do sorriso existem outros aspectos do corpo; como gesto de mãos, braços, pernas e olhares que dão significados para sentimentos e formas de comportamento tanto de superioridade como de inferioridade. Expectativa, acusação e receio mostram que pode haver diferentes combinações de movimentos corporais, resultados de acontecimentos diferentes, mas que geram o mesmo sentimento. Exemplificando melhor, voltamos a analisar o sorriso. Imagine uma pessoa olhando para você com um olhar profundo, lágrimas escorrendo em seus olhos e os mesmos brilhando. Os cantos da boca levemente encurvados para cima. Coluna ereta. Observamos vários pontos positivos nas expressões dessa pessoa. Mas só pela expressão do olhar, conseguimos dizer que o sorriso é por algum motivo de extrema felicidade, que é um sorriso positivo. Olhando pelo ladro negativo, podemos ver um sorriso claramente no rosto de um homem que está sentado em um restaurante. Suas costas estão curvadas, cabeça encolhida, queixo apoiado nas mãos, sobrancelhas contraídas, entre outros aspectos, além da situação de ter um garçom caído na sua frente. Todas as expressões corporais deste homem nos mostra que o sorriso é maldoso. Ele apresenta um ar de superioridade e/ou deboche.

...

Baixar como (para membros premium)  txt (12.7 Kb)   pdf (121.7 Kb)   docx (41.3 Kb)  
Continuar por mais 7 páginas »
Disponível apenas no TrabalhosGratuitos.com