TrabalhosGratuitos.com - Trabalhos, Monografias, Artigos, Exames, Resumos de livros, Dissertações
Pesquisar

O que é literatura infantil

Por: anamachhado  •  12/5/2019  •  Resenha  •  1.009 Palavras (5 Páginas)  •  4 Visualizações

Página 1 de 5

UNIVERSIDADE FEDERAL DA FRONTEIRA SUL

Resenha do livro:

CADEMARTORI, Ligia. O que é literatura infantil- 2.ed.—São Paulo :Brasiliense, 2010.--(coleção primeiros passos. 163).

Resenhada por:

Janquieli Ana Machado Pires

Acadêmica do Curso de Pedagogia

O que é literatura infantil

Lígia Cademartori, é do Rio Grande do Sul, Doutora em Teoria Literária, foi professora na Universidade de Caxias do Sul e na Universidade de Brasília. Dedicou parte da sua vida profissional ao tema Literatura Infantil, como pesquisadora, professora Universitária e autora de ensaios Que foram publicados em livros como o professor e a literatura para pequenos, médios e grandes. Sobre a relação criança, literatura e educação, refletiu em livros como A criança e a produção cultural; O que é literatura infantil; Literatura infantil: autoritarismo e emancipação; A formação do leitor: o papel das instituições; Literatura infantil: políticas e concepções.

A obra de Cademartori contém aproximadamente 80 páginas, dividida em 9 capítulos (Apresentação; Que gênero é esse?; A questão do adjetivo; Escolher entre tantos; Começou com Perrault; A presença de Lobato; Literatura nos primeiros anos; Indicações para leitura e por último Sobre a autora).

Segundo, Cademartori o termo “literatura infantil” é situado em dois sistemas : literário e educação, no qual, o primeiro é considerado inferior ao segundo. A autora coloca inúmeros exemplos de obras que são facilmente encontradas em listas literárias, tais essas listas criadas por interesses de vendas e por fortes influências da mídia, essas obras que dizem ser incentivo à criança ler, mas que são desfrutadas apenas por leitores adultos. A autora ainda faz questão de que alguns autores contemporâneos se preocuparam em escrever para crianças. Ela destaca tantos os autores brasileiros quanto internacionais, muitos nomes nos são comum, por já conhecermos algumas obras.

A autora ainda coloca que a literatura infantil se caracteriza pela forma que é dirigida ao leitor, pois, é usada uma forma para se comunicar que prevê a possível faixa etária, interesses e potencialidades do possível leitor e com temas que possam suprir suas expectativas . As obras infantis passaram por mudanças, nas quais, possibilitaram a interação entre as imagens e palavras, assim surgiu livros só de imagens, livros com imagens e palavras e o menos visto é livros somente com palavras. Com essa interação possibilitou um equilíbrio entre o visual e o verbal, e o ilustrador de livros também passa a ser um narrador das histórias. O uso das imagens abriu mais possibilidades para a imaginação, pois, uma história ilustrada faz com que seja possível imaginar além do que está descrito, as imagens podem conter algumas informações que o texto talvez não conseguiu passar.

No capítulo seguinte, a autora fala da questão do adjetivo, então literatura infantil é destinada a crianças, como a autora coloca “textos escritos para crianças e para ser lido por elas”, porém são escritos e comprados por adultos. Isso vem da necessidade que uma criança tem da presença adulta, pois é dependente em inúmeros âmbitos, e a literatura infantil seria uma forma de superar esse dependência e abrir possibilidades de reformular conceitos e autonomia do pensamento.

Com o crescimento acelerado de obras da literatura infantil, no qual, o mercado se aproveita, pois, descobriu um gênero bom para os “negócios “. Mas na hora de escolher deve se estar atento, pois, os bons livros mantém suas características e podem ser identificados, o uso da linguagem lúdica e tática é importante na hora de selecionar os títulos. O jogo de sons entre as palavras, o jogo de sentido das mesmas, se o livro permite que a criança seja capaz de perceber a força criativa verbal ou visual, se algo de diferente que a atraia é chame atenção e se possibilita a criança identificar e examinar percepções, sentimentos e fatos do mundo real. Ainda deve se estar atento a espaçamento do texto, as ilustrações, elementos da narrativa (personagens, trama, tempo, espaço e foco narrativo), as narrativas podem ser : conto de fadas, contos populares, lendas, fábulas. O importante é que desperte a imaginação e que a linguagem seja adequada à capacidade cognitiva do leitor.

...

Baixar como (para membros premium)  txt (6.4 Kb)   pdf (112.6 Kb)   docx (9.3 Kb)  
Continuar por mais 4 páginas »
Disponível apenas no TrabalhosGratuitos.com