TrabalhosGratuitos.com - Trabalhos, Monografias, Artigos, Exames, Resumos de livros, Dissertações
Pesquisar

Veterinária

787 Trabalhos sobre Biológicas. Documentos 271 - 300

Ir para a página
  • Desejos e efeito estufa

    Desejos e efeito estufa

    UNIVERSIDADE NORTE DO PARANÁ – UNOPAR ADRIANA FRIGO ANA BEATRIZ MEURER SILVA CLAUDINEIA EMIDIO CICERO KEILA PEREIRA EFEITO ESTUFA NA PRODUÇÃO ANIMAL LONDRINA 2014 ADRIANA FRIGO ANA BEATRIZ MEURER SILVA CLAUDINEIA EMIDIO CICERO KEILA PEREIRA EFEITO ESTUFA NA PRODUÇÃO ANIMAL Trabalho para obtenção de nota parcial de Ciências do Meio Ambiente aplicada a Medicina Veterinária, do segundo semestre Londrina 2014 ADRIANA FRIGO ANA BEATRIZ MEURER SILVA CLAUDINEIA EMIDIO CICERO KEILA PEREIRA EFEITO ESTUFA NA PRODUÇÃO

    Avaliação:
    Tamanho do trabalho: 4.787 Palavras / 20 Páginas
    Data: 13/4/2015 Por: Ana Beatriz Meurer
  • Dia de Campo

    Dia de Campo

    Tema: Dia de Campo O Dia de Campo é um método eficiente para divulgar tecnologias práticas agropecuárias sustentáveis voltadas para o meio rural. O serviço de extensão rural foi implantado no Brasil em 1948 (EMATER-RJ, 1996). O movimento faz com que haja uma comunicação grupal que permite a troca de conhecimento, desperta e motiva os participantes o interesse em adotar novas práticas. Esse método tem como objetivo despertar o público a importância econômica, social e

    Avaliação:
    Tamanho do trabalho: 2.157 Palavras / 9 Páginas
    Data: 5/5/2015 Por: eeeevelyn
  • Diabetes em Felinos

    Diabetes em Felinos

    SUMÁRIO 1. Introdução...............................................................................................................2 2. Origem da Diabetes Mellitus.................................................................................3 3. Pâncreas..................................................................................................................3 4. Insulina....................................................................................................................3 5. Glucagon.................................................................................................................4 6. Metabolismo............................................................................................................4 7. Alterações na digestão..........................................................................................5 8. Classificação e definição da Diabetes Mellitus...................................................5 8.1. Dependente de insulina ou Tipo 1 (DMDI).........................................................5 8.2. Não dependente de insulina ou Tipo 2 (DMNDI)...............................................6 8.3. Secundário ou Diabetes Mellitus Tipo 3............................................................6 8.4. Diabetes Transitória............................................................................................6 9. Patogênese.............................................................................................................7 10. Sinais clínicos da Diabetes Mellitus não complicada e complicada...............8 10.1. Diabetes Mellitus não complicada...................................................................8 10.2. Diabetes Melittus complicada

    Avaliação:
    Tamanho do trabalho: 2.681 Palavras / 11 Páginas
    Data: 24/9/2015 Por: kemilichanel
  • Diabetes Mellitus Em Cães

    Diabetes Mellitus Em Cães

    O Diabetes Mellitus é um distúrbio endocrinológico complexo que resulta da incapacidade das ilhotas pancreáticas de secretar insulina e/ou de ação deficiente relativa ou absoluta da insulina nos tecidos, sendo esta patologia comum em cães (BIRCHARD; SHERDING, 1998). O Diabetes Mellitus dependente de insulina ou também conhecido como ‘’tipo I’’, é um distúrbio endocrinológico complexo, porém comum em cães, sendo caracterizado pela produção insuficiente de insulina pelo pâncreas e/ou de ação deficiente relativa ou absoluta

    Avaliação:
    Tamanho do trabalho: 305 Palavras / 2 Páginas
    Data: 18/2/2016 Por: Feerr
  • DIAGNÓSTICO DE SITUAÇÃO REALIZADO PELA VIGILÂNCIA SANITÁRIA EM ESTABELECIMENTOS DE BELEZA NO MUNICÍPIO DE GARANHUNS-PE

    DIAGNÓSTICO DE SITUAÇÃO REALIZADO PELA VIGILÂNCIA SANITÁRIA EM ESTABELECIMENTOS DE BELEZA NO MUNICÍPIO DE GARANHUNS-PE

    LUANA CARDOSO DA SILVA DIAGNÓSTICO DE SITUAÇÃO REALIZADO PELA VIGILÂNCIA SANITÁRIA EM ESTABELECIMENTOS DE BELEZA NO MUNICÍPIO DE GARANHUNS-PE GARANHUNS-PE 2015 LUANA CARDOSO DA SILVA DIAGNÓSTICO DE SITUAÇÃO REALIZADO PELA VIGILÂNCIA SANITÁRIA EM ESTABELECIMENTOS DE BELEZA NO MUNICÍPIO DE GARANHUNS-PE Trabalho de conclusão de curso apresentado ao curso de Medicina Veterinária da Unidade Acadêmica de Garanhuns, Universidade Federal Rural de Pernambuco como parte dos requisitos exigidos para obtenção de título de graduação em Medicina Veterinária.

    Avaliação:
    Tamanho do trabalho: 6.791 Palavras / 28 Páginas
    Data: 27/4/2015 Por: Luana Cardoso
  • Diagnóstico e Tratamento de Diabetes

    Diagnóstico e Tratamento de Diabetes

    DIAGNÓSTICO O diagnóstico da Diabetes Mellitus requer um registro dos sinais clínicos apropriados (poliúria, polidipsia, polifagia, perda de peso, entre outros) em associação com hiperglicemia de jejum e glicosúria (OLIVEIRA et al., 2003). Registros esses que serão identificados através de exames complementares como realização de Hemogramas, Perfil Bioquímico sérico e Urinálise. Para se estabelecer o diagnóstico da Diabetes Mellitus, deve-se obter uma avaliação laboratorial completa, incluindo contagem sanguínea completa, quadro bioquímico sérico, ensaio sérico de

    Avaliação:
    Tamanho do trabalho: 1.151 Palavras / 5 Páginas
    Data: 13/6/2016 Por: Luciane Souza
  • Diagnóstico Parasitologia

    Diagnóstico Parasitologia

    DIAGNÓSTICOS PARASITO 2 – P3 Strongylus equinus (intestino grosso/equino) Cápsula bucal mais funda que larga, coroa radiada externa e interna presentes, coroa radiada desenvolvida, presença de um dente dorsal, um ventral e de um sub-ventral na cavidade bucal, goteira esofagiana desenvolvida, esôfago claviforme. Macho: Bolsa copuladora desenvolvida, espículos iguais e delgados, presença de gubernáculo. Fêmea: Cauda romba e vulva no quarto posterior do corpo. Strongylus edentatus (intestino grosso/equino) Cápsula bucal mais funda que larga, coroa

    Avaliação:
    Tamanho do trabalho: 1.966 Palavras / 8 Páginas
    Data: 12/8/2016 Por: jacquelinerio
  • DIAGNOSTICO POR IMAGEM

    DIAGNOSTICO POR IMAGEM

    Como é formada a ampola de raio X? R: Uma ampola de Raios-X chamada também de tubo de Coolidge, é um dispositivo eletrônico cuja função é a produção de um feixe de elétrons acelerados ,composta de um anodo, alvo de tungstenio, cátodo,envoltório de vidro, filamento e nuvem de elétrons, Haste de cobre, janela, vácuo. Princípios físicos (quadro1.1)fatores que formam a imagem. R: Não possuem carga, não possuem massa, propagam-se á velocidade da luz, são invisíveis,

    Avaliação:
    Tamanho do trabalho: 1.102 Palavras / 5 Páginas
    Data: 20/6/2016 Por: daniti
  • Diarreia viral bovina

    Diarreia viral bovina

    BVD Definição : É infecto – contagiosas dos sistemas digestório e reprodutivo de ruminantes, levando a diarreia, queda de índices reprodutivos, abortamentos e malformações fetais, causadas por um vírus do gênero Pestivirus. Etiologia – 2 biotipos de BVDV 1)BVDV Citopatogênicos ( Maior capacidade de causar lesão celular ; maior virulência) 2) BVDV Não citopatogênicos O BVDV é altamente infeccioso . A prevalência da infecção nos rebanhos é alta e nos bovinos acima de um ano

    Avaliação:
    Tamanho do trabalho: 318 Palavras / 2 Páginas
    Data: 10/5/2015 Por: camillabrigida24
  • Dieta para cães cardiopatas sem sinais clínicos

    Dieta para cães cardiopatas sem sinais clínicos

    UNIVERSIDADE ESTADUAL DE SANTA CRUZ Flávia Nunes Nutrição clínica de cães e gatos Dieta para cão cardiopata sem sinais clínicos A insuficiência cardíaca é caracterizada pela incapacidade do coração em bombear sangue para manter o metabolismo dos órgãos e tecidos do corpo. As reduções das funções do sistema cardíaco vão acarretar várias doenças de origem valvar e de origem miocárdicas que irão ativar mecanismos compensatórios. Animais cardiopatas, quando possuem cardiomiopatias avançadas apresentam caquexia, o animal

    Avaliação:
    Tamanho do trabalho: 921 Palavras / 4 Páginas
    Data: 24/10/2018 Por: ElvioS
  • DIFERENÇA ENTRE LEGUMINOSAS E GRAMÍNEAS

    DIFERENÇA ENTRE LEGUMINOSAS E GRAMÍNEAS

    FACULDADE ANHANGUERA EDUCACIONAL LTDA Maressa Almeida Gaioto RA: 7422677399 DIFERENÇA ENTRE GRAMÍNEAS E LEGUMINOSAS DISCIPLINA: AGROSTOLOGIA PROFESSOR: GUILHERME MEDICINA VETERINÁRIA NOTURNO CAMPINAS 2015 DIFERENÇA ENTRE LEGUMINOSAS E GRAMÍNEAS Para entendermos a diferença entre leguminosas e gramíneas vamos detalhar cada uma delas e explicar algumas terminologias. * Leguminosas são grãos produzidos em vagens. Como por exemplo : feijão, soja, ervilha, grão-de-bico. Pertence a família Fabaceae e é uma das maiores famílias botânicas. * Gramíneas são plantas

    Avaliação:
    Tamanho do trabalho: 1.380 Palavras / 6 Páginas
    Data: 17/10/2015 Por: Maressa Gaioto
  • DIGESTÃO DE RUMINANTES

    DIGESTÃO DE RUMINANTES

    DIGESTÃO DE RUMINANTES Os pré estômagos são modificações morfológicas do esôfago São câmaras fermentativas não glandulares O abomaso corresponde ao estômago dos monogástricos, digestão química e com glândulas O que determina a taxa de passagem ao longo das câmaras do estômago é o tamanho das partículas do alimento Do abomaso para o duodeno a taxa de passagem é contínua (sem distinção entre a fase digestiva e interdigestiva como nos monogástricos. A microbiota do rumem é

    Avaliação:
    Tamanho do trabalho: 666 Palavras / 3 Páginas
    Data: 1/8/2018 Por: Leetycsoares
  • Dimorfismo Sexual

    Dimorfismo Sexual

    DIMORFISMO SEXUAL O dimorfismo sexual, que pode ser observado em várias espécies animais, é quando pode-se diferenciar o macho da fêmea pela aparência externa. Conseguimos ver essas diferenças no tamanho, coloração de pelagem ou penas, odor, vocalização entre outras características. Estas características são determinadas pela intensidade da competição por fêmeas ou território, e pela qualidade ou quantidade de alimento consumido pelos indivíduos durante o desenvolvimento. Assim, pode-se dizer que vemos a maior ocorrência de Dimorfismo

    Avaliação:
    Tamanho do trabalho: 743 Palavras / 3 Páginas
    Data: 27/8/2016 Por: gabriellerosatti
  • Direito à vida e eutanásia

    Direito à vida e eutanásia INTRODUÇÃO Um tema muito discutido no mundo atual é questão do Direito à vida, existe uma questão muito discutida se a Eutanásia deve se proceder ou não. Nesta pesquisa trataremos de um assunto que sempre gerou muita polêmica em todo o mundo e que para melhor entendermos precisaremos primeiro definir a importância dos direitos fundamentais, o significado de vida e o que o nosso direito positivo nos diz a seu

    Avaliação:
    Tamanho do trabalho: 4.263 Palavras / 18 Páginas
    Data: 23/10/2014 Por: MMASILVA
  • Disciplina de Histologia e Embriologia Veterinária

    Disciplina de Histologia e Embriologia Veterinária

    Centro Universitário de Patos de Minas Faculdade de Medicina Veterinária Disciplina de Histologia e Embriologia Veterinária Nome: Fazer a leitura do capítulo 11 – “Sistema circulatório” do livro: Junqueira, Luiz. C., Carneiro, José. Histologia básica. 11ª ed. Rio de Janeiro: Guanabara Koogan, 2008. Responder as questões: 1) O que é o sistema circulatório? Que estruturas o compõem? O sistema circulatório abrange o sistema vascular sanguíneo e o sistema vascular linfático. O sistema vascular sanguíneo é

    Avaliação:
    Tamanho do trabalho: 1.453 Palavras / 6 Páginas
    Data: 1/9/2015 Por: Victor.goulart02
  • Displasia coxofemoral

    Displasia coxofemoral

    A displasia coxofemoral é uma afecção ortopédica muito comum, caracterizada pelo desenvolvimento anormal da articulação coxofemoral, subluxação articular, incongruência da articulação devido ao achatamento da cabeça do fêmur, arrasamento do acetábulo por osteoartrose, afrouxamento dos ligamentos colaterais e hipoplasia dos músculos glúteos, pélvico, bíceps femoral e semitendinoso (TÔRRES, 2002; EDGE-HUGHES, 2007; LEVINE et al., 2008; GRIECO, 2010; POPESKO, 2012; MIQUELETO et al., 2012). A displasia coxofemoral é normalmente bilateral, ocorre entre 4 e 12 meses,

    Avaliação:
    Tamanho do trabalho: 1.648 Palavras / 7 Páginas
    Data: 7/10/2015 Por: rebtorres
  • Displasia Coxofemoral em cães

    Displasia Coxofemoral em cães

    Centro Universitário UNA Barbarah Ellem Borges de Alcântara, Bruno Luiz Silva, Erica Jamiles Ferreira, Graziela Xavier Fonseca, Laryssa Fernandes Pacheco, Margarete Eliane Meira Displasia Coxofemoral em Cães Belo Horizonte 2015 Centro Universitário UNA Barbarah Ellem Borges de Alcântara, Bruno Luiz Silva, Erica Jamiles Ferreira, Graziela Xavier Fonseca, Laryssa Fernandes Pacheco, Margarete Eliane Meira Displasia Coxofemoral em Cães Trabalho Interdisciplinar Dirigido apresentado como requisito de avaliação do curso de Medicina Veterinária do Centro Universitário UNA para

    Avaliação:
    Tamanho do trabalho: 3.251 Palavras / 14 Páginas
    Data: 9/11/2015 Por: grazixf
  • Dissecção de Aves – Estudo da estrutura óssea, musculatura

    Dissecção de Aves – Estudo da estrutura óssea, musculatura

    FACULDADE CATÓLICA DO TOCANTINS CURSO DE MEDICINA VETERINÁRIA DISCIPLINA DE ANATOMIA DOS ANIMAIS DOMÉSTICOS I RELATÓRIO DE AULA PRÁTICA Dissecção de aves – Estudo da estrutura óssea, musculatura e órgãos. Laryssa Guedes Coelho Lucas Querido Maria Clara Daflon Salbé Pedro Trindade Fábio Matos Fred Andrioli Sabrina Araújo 1º Período Silmara Sanae Sakamoto de Lima 2016/02 Palmas – 2016 ________________ 1. IDENTIFICAÇÃO Curso: Medicina Veterinária Período: 1º Período Disciplina: Anatomia dos Animais Domésticos I Professor: Silmara

    Avaliação:
    Tamanho do trabalho: 442 Palavras / 2 Páginas
    Data: 11/10/2018 Por: Lara Guedes
  • DISTÚRBIOS DO CRESCIMENTO E DA PROLIFERAÇÃO CELULAR

    DISTÚRBIOS DO CRESCIMENTO E DA PROLIFERAÇÃO CELULAR

    DISTÚRBIOS DO CRESCIMENTO E DA PROLIFERAÇÃO CELULAR HIPERTROFIA - aumento quantitativo dos componentes e das funções celulares - há um aumento de volume das células e do órgão - é uma adaptação a uma maior exigência de trabalho - exigências: 1- O2 e nutrientes 2- integridade celular 3- inervação preservada (músculos) HIPOTROFIA - redução quantitativa dos componentes estruturais e das funções celulares - há uma diminuição do tamanho das células e do órgão - resulta

    Avaliação:
    Tamanho do trabalho: 589 Palavras / 3 Páginas
    Data: 23/5/2016 Por: Tainara Almeida
  • Doença de Newcastle

    Doença de Newcastle

    ENFERMIDADE Doença de Newcastle Agente: Paramixovírus Aviário tipo 1(APMV-1). Sinais clínicos: espirros, estertores traqueais, edema de cabeça, conjuntivite, diarreia esverdeada, acentuada queda na produção de ovos, torcicolo, opistótono, ataxias, tremores musculares, paralisia de asas e/ou penas, morte. Tratamento: não há tratamento. Amostra: Vivas e inativadas. Idade das matrizes: 1ª Dose: 10 a 15dias 2ª Dose: 45dias 3ª Dose: 90 a 120dias Reforços: 60 em 60dias. Idade das Poedeiras: 1ª Dose: 10 a 15 dias 2ª

    Avaliação:
    Tamanho do trabalho: 2.113 Palavras / 9 Páginas
    Data: 13/5/2018 Por: thay555
  • DOENÇA DO CARRAPATO - ERLIQUIOSE CANINA

    DOENÇA DO CARRAPATO - ERLIQUIOSE CANINA

    CONDORIL DOENÇA DO CARRAPATO - ERLIQUIOSE CANINA PORTO VELHO/RO 2016 DIEGO HENRIQUE DA CUNHA RIGONI DOENÇA DO CARRAPATO - ERLIQUIOSE CANINA Trabalho elaborado como requisito parcial para obtenção de nota de N1 da disciplina de PORTO VELHO/RO 2016 RESUMO Neste trabalho será abordado a patologia Erliquiose Canina, suas características, meios de transmissão e seu vetor o carrapato (Rhipicephalus Sanguineus). Neste contesto o objetivo e transmitir um maior conhecimento sobre o assunto, mostrar como se prevenir

    Avaliação:
    Tamanho do trabalho: 593 Palavras / 3 Páginas
    Data: 17/5/2016 Por: condoril
  • Doenças articulares em equinos

    Doenças articulares em equinos

    UNIVERSIDADE CASTELO BRANCO ESCOLA DA SAÚDE E DO MEIO AMBIENTE CURSO DE MEDICINA VETERINÁRIA CLÍNICA DE ANIMAIS DE PRODUÇÃO I Erika de Lima Borges Diniz Rio de Janeiro, jun. 2015 Erika de Lima Borges Diniz Alunos do Curso de Medicina Veterinária da UCB Matrículas 2009100375 CLÍNICA DE ANIMAIS DE PRODUÇÃO I Trabalho de revisão bibliográfica entregue à disciplina Clínica de Animais de Produção I. Rio de Janeiro, jun. 2015 SUMÁRIO 1.0 Doença Articular Degenerativa (Osteoartrite)...............................................................04

    Avaliação:
    Tamanho do trabalho: 3.510 Palavras / 15 Páginas
    Data: 23/8/2015 Por: Francisco Gomes Neeto
  • Doenças autoimunes: Diabetes Mellitus em Animais

    Doenças autoimunes: Diabetes Mellitus em Animais

    UNIVERSIDADE METODISTA DE SÃO PAULO FACULDADE DE SAÚDE CURSO DE MEDICINA VETERINÁRIA HORTÊNCIA DE ANDRADE LAURA DAVANÇO MARCELA GOMES PATRICIA COSTA VIVIAN FURLAN DOENÇAS AUTO-IMUNES DIABETES MELLITUS SÃO BERNARDO DO CAMPO 2010 HORTÊNCIA DE ANDRADE LAURA DAVANÇO MARCELA GOMES PATRICIA COSTA VIVIAN FURLAN DOENÇAS AUTO-IMUNES DIABETES MELLITUS Relatório apresentado ao módulo de Imunologia como quesito parcial para nota. Data de entrega: 1 de junho de 2010 Orientadores Prof°: José Guilherme Xavier Prof°: Celso Martins Pinto

    Avaliação:
    Tamanho do trabalho: 6.962 Palavras / 28 Páginas
    Data: 31/3/2016 Por: Hortencia.p
  • Doencas cardiovasculares

    Doencas cardiovasculares

    DOENÇAS CARDIOVASCULARES CARDIOMIOPATIA HIPERTRÓFICA Principal cardiopatia em felinos Etiologia: deficiência de taurina/ tireotoxicose Predisposição: •Sexo: mais frequente em machos •Idade: geralmente de 5 a 7 anos •Componente genético (Maine Coon, Ragdoll) Função miocárdica: Disfunção sistólica X diastólica Caracterizada por: •Hipertrofia concêntrica primária de VE •Não há dilatação da cavidade ventricular •Disfunção diastólica Diagnóstico diferencial •HAS •Hipertireoismo •IRC •Estenose aórtica/ subaórtica congênita Fisiopatogenia: RX - coração de São Valentino - ICC: congestão pulmonar venosa/ edema pulmonar

    Avaliação:
    Tamanho do trabalho: 631 Palavras / 3 Páginas
    Data: 23/6/2015 Por: alebrunet
  • DOENÇAS E PREJUÍZOS CAUSADOS POR CARRAPATOS NOS BOVINOS DE CORTE

    DOENÇAS E PREJUÍZOS CAUSADOS POR CARRAPATOS NOS BOVINOS DE CORTE

    UNIDADE DE ENSINO SUPERIOR VALE DO IGUAÇU FACULDADE INTEGRADA DO VALE DO IGUAÇU DOENÇAS E PREJUIZOS CAUSADOS POR CARRAPATOS NOS BOVINOS DE CORTE Acadêmicos: Denis Ruan Correia Guilherme Muller Professora: Rosicler Medicina Veterinária M1 UNIÃO DA VITÓRIA PR 16/03/2016 Acadêmicos: Denis Ruan Correia Guilherme Muller Professora: Rosicler Medicina Veterinária M1 DOENÇAS E PREJUIZOS CAUSADOS POR CARRAPATOS NOS BOVINOS DE CORTE Trabalho apresentado como requisito para obtenção de conceito na disciplina de metodologia cientifica ministrado pelo

    Avaliação:
    Tamanho do trabalho: 1.421 Palavras / 6 Páginas
    Data: 15/10/2018 Por: Júlio Correia
  • DOENÇAS PARASITARIAS

    DOENÇAS PARASITARIAS

    ASSOCIAÇÃO DE ENSINO E CULTURA PIO DÉCIMO FACULDADE PIO DÉCIMO MEDICINA VETERINÁRIA JALLIZY MARIA NUNES OLIVEIRA JEFFERSON HENRIQUE CARDOSO VIEIRA JÚLIA FONSECA DA CRUZ JULIANA SANTOS ALMEIDA KATIÚSCIA RIBEIRO DA SILVA DOENÇAS PARASITÁRIAS ARACAJU 2018 JALLIZY MARIA NUNES OLIVEIRA JEFFERSON HENRIQUE CARDOSO VIEIRA JÚLIA FONSECA DA CRUZ JULIANA SANTOS ALMEIDA KATIÚSCIA RIBEIRO DA SILVA DOENÇAS PARASITÁRIAS Trabalho de Ornitopatologia apresentado no curso de Medicina Veterinária da Faculdade Pio Décimo como requisito parcial para a atribuição

    Avaliação:
    Tamanho do trabalho: 2.334 Palavras / 10 Páginas
    Data: 23/5/2018 Por: lordamares
  • Dor Moderna, Antiga Soluções Parte II

    Dor moderna, antiga Soluções Parte II Por Craig Williams, laca, AHG Na minha coluna anterior, apresentei dois estudos de caso utilizando modificação de Ouro Câmara(Jin Gui Yao Lue) fórmulas para aliviar a dor física. Vou continuar esta exploração de modificações fórmula clássica usando uma modificação fórmula de Ouro Câmara para tratar emocional / psicológico "dor". A única característica de ambos os estudos de caso é que ambos os pacientes receberam benefício substancial a partir de

    Avaliação:
    Tamanho do trabalho: 756 Palavras / 4 Páginas
    Data: 12/11/2013 Por: Maria1958
  • Dossiê Sobre Medicina Veterinária

    Dossiê Sobre Medicina Veterinária

    Na Medicina Veterinária o estudante tem disciplinas das áreas de ciências biológicas, exatas e sociais aplicadas, como anatomia, microbiologia, genética, nutrição e produção animal, matemática e estatística, além da bioética. Em seguida começa a estudar doenças e técnicas clínicas e cirúrgicas. O curso tem a duração média de 5 anos e estão disponíveis na UnP, Estácio e UNINASSAU. Você pode ingressar nesse curso por meio do SISU usando sua nota obtida no ENEM. A pessoa

    Avaliação:
    Tamanho do trabalho: 595 Palavras / 3 Páginas
    Data: 22/9/2018 Por: biamelo11
  • Ecologia

    Ecologia

    FAJ - Medicina Veterinária - manhã 1º semestre turma B Bianca de Camargo Marques RA: 11411597 Dia 29 de abril de 2014, foi realizada a castração de um suíno macho na sala de técnicas cirúrgicas da faculdade de Jaguariúna. Nessa castração foi utilizado 0,5 mg/kg de Xilazina 2% e 8mg/kg de Cetamina 10%. O suíno castrado tinha 9 kg, logo foi utilizado 4,5mg de Xilazina e 72 mg de Cetamina. Ao darmos a dose de

    Avaliação:
    Tamanho do trabalho: 371 Palavras / 2 Páginas
    Data: 2/4/2016 Por: Bianca Marques
  • Ecologia e Gestão Ambiental

    Ecologia e Gestão Ambiental

    MÉDICO VETERINÁRIO NA ÁREA DE ECOLOGIA E GESTÃO AMBIENTAL FOZ DO IGUAÇU-PR ABRIL – 2014 MÉDICO VETERINÁRIO NA ÁREA DE ECOLOGIA E GESTÃO AMBIENTAL SUMÁRIO 1. INTRODUÇÃO...........................................................................................................p.4 2. ECOLOGIA E GESTÃO AMBIENTAL....................................................................p.5 1. Campos de atuação.................................................................................................p.5 2. O que um especialista em ecologia e gestão ambiental faz...................................p.6 3. Importância............................................................................................................p.6 4. Expectativas...........................................................................................................p.6 5. Papel do professor..................................................................................................p.7 1. CONCLUSÃO.............................................................................................................p.8 2. REFERÊNCIAS...........................................................................................................p.9 1. INTRODUÇÃO Para que um médico veterinário seja bem sucedido, ou seja, consiga êxito e sucesso

    Avaliação:
    Tamanho do trabalho: 1.375 Palavras / 6 Páginas
    Data: 12/6/2016 Por: Carol7

Ir para a página
Pesquisar
Pesquisa avançada